Com Bottas e Russell, Mercedes faz em Sakhir primeiro GP sem campeão do mundo

De Juan Manuel Fangio a Lewis Hamilton, a Mercedes sempre teve ao menos um campeão do mundo em um de seus carros na Fórmula 1. No GP de Sakhir será diferente

Como Lewis Hamilton testou positivo para Covid-19 no começo desta semana, a Mercedes buscou George Russell como substituto para o GP de Sakhir, no próximo final de semana. Como seu piloto principal já é, novamente, campeão do mundo, não parece uma mudanças drástica para os alemães. Mas, historicamente, tal troca significa uma novidade enorme.

A prova no anel externo da pista barenita vai marcar a primeira vez na história da Mercedes na Fórmula 1 que a equipe vai disputar uma corrida sem um campeão do mundo em ao menos um de seus carros – afinal, além de Russell, o outro nome é Valtteri Bottas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Seis dos sete títulos de Hamilton foram com a Mercedes (Foto: Mercedes)

A própria Mercedes levantou o dado em suas redes sociais, e o GRANDE PRÊMIO explica a história – que vai de Juan Manuel Fangio, há 66 anos, a Hamilton.

Fangio foi o primeiro piloto da Mercedes, no GP da França de 1954, ao lado de Karl Kling. O argentino venceu aquele GP, quando já tinha o título mundial de 1951 – e ganharia o daquele ano, também.

A partir daquele, foram mais 224 corridas – já contando a de Sakhir – com um campeão guiando. Em 1955, Fangio foi novamente o responsável por manter a marca intacta.

Na volta, em 2010, Michael Schumacher, já heptacampeão mundial, disputou todas as provas daquele ano até o final de 2012. Depois, com a nova aposentadoria do alemão, Lewis Hamilton, que já havia levado a taça com a McLaren, jamais desfalcou a Mercedes de 2013 até o GP do Bahrein do último final de semana.

Nico Rosberg, que também conquistou uma título, em 2016, jamais pilotou como campeão do mundo – afinal, se aposentou logo depois de se tornar enfim campeão.

Com Bottas e Russell, a marca da equipe prata cai a partir da próxima sexta-feira, com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube