Com Red Bull em crise, Ferrari e Mercedes montam ofensiva e estão certíssimas!

No vídeo desta segunda-feira, Evelyn Guimarães fala sobre os movimentos de Ferrari e Mercedes. As duas rivais trabalham firmemente em uma ofensiva contra a Red Bull, aproveitando o momento de fragilidade da equipe taurina — ainda lida com os problemas do Caso Horner

Dando sinais de implosão iminente, a Red Bull pode ir de uma equipe sólida e bem estruturada para um time despedaçado nos próximos anos. E é nesse momento que entram as rivais Ferrari e Mercedes. Se não podem vencer os taurinos na pista, talvez possam desestabilizar a adversária de outra forma, aproveitando o caos por meio de uma forte ofensiva..

A Ferrari é quem surge disposta a ‘roubar’ membros do atual estafe taurino. Além de Pierre Waché, diretor-técnico da equipe austríaca, o time de Maranello também colocou outros nomes do corpo técnico da Red Bull na lista de desejos.

Relacionadas


Já a Mercedes tem uma ação diferente. Por meio do chefe, Toto Wolff, a equipe trabalha mais com a imprensa, com fortes manchetes. O tema é o ponto central do vídeo desta segunda-feira.

Fórmula 1 volta entre os dias 22 24 de março com o GP da Austrália, terceira etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do fim de semana.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️  Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.