Daimler interfere e Mercedes deixa de protestar contra acordo secreto FIA-Ferrari

A Mercedes inicialmente uniu forças com outras seis equipes para cobrar transparência da FIA, que fez um acordo secreto com a Ferrari a respeito da regularidade da SF90. Só que a Daimler, dona da marca prateada, interviu e barrou

Não durou muito tempo a indignação da Mercedes com o acordo secreto entre FIA e Ferrari, que encerrou investigações a respeito da regularidade da SF90 de 2019. De acordo com informações publicadas pelo ‘Motorsport.com’, a equipe alemã decidiu se afastar do grupo de sete equipes que cobraram explicações da Federação Internacional de Automobilismo. O motivo é simples: a Daimler, empresa dona da marca Mercedes, exigiu o afastamento do movimento.
 
Ainda de acordo com o ‘Motorsport.com’, a Daimler não achou uma boa ideia fazer parte de uma disputa judicial com potencial de manchar a imagem tanto da Fórmula 1 quanto da própria Mercedes. A manobra vai na direção oposta da desejada pelo chefe de equipe Toto Wolff, que capitaneou ações nos bastidores para formar o protesto conjunto.
Toto Wolff queria protestar contra FIA e Ferrari, mas não vai poder (Foto: Mercedes)
Sem o apoio da Mercedes, perde força o movimento para resolver na justiça a possível irregularidade da Ferrari de 2019. Ainda não se sabe qual ação será tomada pelas agora seis equipes restantes – Red Bull, McLaren, Renault, AlphaTauri, Racing Point e Williams.
 
A ação da Daimler é recente, já que no começo do fim de semana a Mercedes ainda estava favorável aos protestos. Havia até planos de realizar uma coletiva de imprensa conjunta em Melbourne com as sete equipes críticas de FIA e Ferrari. O cancelamento do GP da Austrália por conta do coronavírus, entretanto, evitou a realização.
 
O acordo entre FIA e Ferrari vem após meses de incerteza a respeito da real regularidade do motor da SF90. De acordo com a federação, nenhuma das partes conseguiu apresentar provas conclusivas, a favor ou contra. Desse forma, ficou decidido pelo já infame acordo. A entidade se defende das acusações de equipes rivais, alegando que o desfecho é previsto pelo regulamento jurídico da F1.
 

Paddockast #52
PREVISÕES CERTEIRAS E OUSADAS PARA F1 2020

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube