Ricciardo estreia pela McLaren na frente em manhã de abertura da pré-temporada da F1

Daniel Ricciardo estreou da melhor forma pela McLaren na Fórmula 1. O piloto mais sorridente do grid foi o mais rápido da manhã do primeiro dia de pré-temporada em 2021 nesta sexta-feira (12) em Sakhir, no Bahrein. Pierre Gasly foi o segundo e ficou 0s028 atrás. Já a Mercedes enfrentou problemas, assim como Ferrari e Aston Martin

Charles Leclerc enfrentou problemas com sua nova Ferrari no fim da manhã de testes em Sakhir (Vídeo: Divulgação)

Melhor estreia não poderia haver para Daniel Ricciardo na McLaren. O australiano foi o mais rápido de uma movimentada manhã da abertura dos testes de pré-temporada que a Fórmula 1 promove a partir desta sexta-feira (12) no circuito de Sakhir, no Bahrein. O piloto registrou 1min32s203 na sua melhor passagem em um primeiro período livre de problemas no novo MCL35M, que é empurrado pelo motor Mercedes, reeditando uma parceria de enorme sucesso. Ricciardo fechou a manhã tendo sua melhor volta com pneus duros, sendo apenas 0s028 mais rápido que Pierre Gasly, outro ótimo nome desta manhã com a AlphaTauri. O francês foi seguido por Max Verstappen, que fez a estreia do RB16B, o carro da Red Bull para 2021. Apenas 0s042 separaram os três primeiros.

Mas se a McLaren e a maior parte das equipes do grid tiveram uma manhã tranquila e de muitas voltas completadas no circuito barenita, o mesmo não se pode dizer da Mercedes, a equipe que domina o Mundial desde 2014. A estreia do W12 não foi nada positiva, uma vez que um problema no câmbio se fez presente logo no início das atividades, o que fez Valtteri Bottas perder praticamente toda a manhã, ficando restrito a apenas meia hora de pista com o novo carro. Quem também apresentou problemas foi a Haas, com o estreante Mick Schumacher, também em razão de uma falha no câmbio, provocada por um problema hidráulico. Sebastian Vettel, que fez seu debute com a Aston Martin, chegou a liderar a tabela de tempos nos primeiros minutos, mas causou a única bandeira amarela do primeiro período com o novo AMR21 ficando parado na saída do pit-lane.

Dentre todos os pilotos que aceleraram pela manhã, Gasly foi quem obteve a maior quilometragem, ultrapassando a marca de 70 voltas e sem apresentar problemas. Verstappen também não teve dificuldades para superar os 60 giros.

Esteban Ocon, na estreia do belo carro da Alpine, o A521, foi o quarto mais rápido e ficou 0s756 atrás da McLaren de Ricciardo. Charles Leclerc, com a Ferrari, foi o quinto deste primeiro período, deixando para trás a Alfa Romeo de Kimi Räikkönen, o primeiro piloto a sair para a pista nesta manhã. Mas o monegasco, com poucos minutos para a bandeirada, teve problemas na SF21 e encostou na área de escape, causando o acionamento da bandeira vermelha. Vettel, depois dos problemas sofridos na metade final do período, concluiu em sétimo os trabalhos com a Aston Martin, ficando à frente da Williams do reserva Roy Nissany. Schumacher e Bottas, depois dos problemas apresentados pelos respectivos novos carros, terminaram em nono e décimo, respectivamente.

DANIEL RICCIARDO; MCLAREN; BAHREIN; PRÉ-TEMPORADA; F1; DIA 1; MANHÃ;
Daniel Ricciardo fez bonito demais para sua nova equipe na abertura da pré-temporada em Sakhir (Foto: McLaren)

GRANDE PRÊMIO traz uma cobertura pra lá de especial dos ensaios da Fórmula 1 em SakhirAcompanhe toda a transmissão dos testes de pré-temporada AO VIVO e em TEMPO REAL.

E, ao fim de cada um dos dias de teste, vai ao ar o BRIEFING, programa AO VIVO na GP TV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube, com Victor Martins, Evelyn Guimarães e Pedro Henrique Marum presentes à mesa virtual com o debate completo sobre a pré-temporada da Fórmula 1.

Saiba como foi a manhã do primeiro dia de testes da F1 no Bahrein

A abertura da pré-temporada da Fórmula 1 estava cercada de expectativa em razão das muitas mudanças no grid para o campeonato deste ano. Além dos pilotos que mudaram de equipe e que estrearam pra valer nesta sexta-feira, como Daniel Ricciardo pela McLaren, agora empurrada pelo motor Mercedes, e Sebastian Vettel, piloto da nova equipe Aston Martin (antiga Racing Point), muitos pilotos observaram os segredos dos carros concorrentes minutos antes do início dos testes em Sakhir.

Pilotos e equipes alinharam na reta principal do circuito barenita pouco às vésperas da sessão e tiveram a oportunidade de observar com maior clareza o que cada uma das rivais estava a esconder. Max Verstappen, por exemplo, deu uma espiadinha no novo carro da Mercedes, o W12, assim como Sebastian Vettel, enquanto Lewis Hamilton ficou de olho no Aston Martin AMR21.

ALFA ROMEO; KIMI RÄIKKÖNEN; BAHREIN; PRÉ-TEMPORADA; DIA 1;
Kimi Räikkönen foi o primeiro a ir para a pista nesta manhã em Sakhir (Foto: Alfa Romeo)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre os lançamentos dos carros da F1 2021

Kimi Räikkönen foi o primeiro piloto a ganhar a pista nesta manhã em Sakhir. O piloto mais veterano do grid, aos 41 anos, acelerou com a Alfa Romeo, no começo da sua terceira temporada com a equipe ítalo-suíça. Mas quem roubou a cena no começo das atividades foi Vettel, que liderou a tabela de tempos nos primeiros minutos. Destaque também para Mick Schumacher, que estreia em 2021 pela Haas, levando novamente o icônico e vitorioso sobrenome consagrado pelo pai ao grid da Fórmula 1.

Mas Räikkönen tomou a ponta, usando pneus médios, ainda na primeira hora de teste com 1min34s686, sendo 0s117 mais rápido que Charles Leclerc, com a nova Ferrari calçada com pneus duros.

MAX VERSTAPPEN; RED BULL; RB16B; BAHREIN; TESTE;
Max Verstappen escapa durante volta rápida em Sakhir nesta manhã (Foto: Reprodução)

Quem passou por maus bocados no começo da sessão foi justamente a equipe heptacampeã do mundo. Com problemas no câmbio, a Mercedes não passou da volta de instalação completada pela manhã por Valtteri Bottas, o escalado para abrir os trabalhos para o time. Só no fim do primeiro período é que o finlandês voltou à pista.

Outro susto ficou com Max Verstappen, que rodou com o novo carro da Red Bull, o RB16B, durante uma das suas passagens pela pista quando ocupava a quarta colocação na tabela de tempos.

MICK SCHUMACHER; HAAS; FÓRMULA 1; F1;
Mick Schumacher enfrentou problemas no câmbio nesta manhã (Foto: Haas F1 Team)

O que se viu em seguida foi uma boa alternância de carros na ponta da tabela de tempos. Primeiro, foi Esteban Ocon, com o belíssimo carro da Alpine, quem tomou a liderança de Räikkönen ao marcar 1min33s845.

Só que o francês não durou por muito tempo em primeiro depois que Verstappen, em uma ótima sequência de voltas, ter registrado 1min32s565. Sinal que a pista estava cada vez melhor e os pilotos também estavam naquele processo de ‘desenferrujar’.

DANIEL RICCIARDO; MCLAREN; MERCEDES; GRANDE PRÊMIO;
Daniel Ricciardo colocou a McLaren na ponta da sessão com 1h30min de atividade no Bahrein (Foto: McLaren)

Em seguida, foi a vez de um dos pilotos de casa nova em 2021, Daniel Ricciardo, assumir a liderança com 1min32s537, somente 0s028 mais rápido que Verstappen. Em princípio, a maior parte dos pilotos trabalhou no começo da sessão com pneus duros, do tipo C2. Pierre Gasly, com a AlphaTauri, aparecia em terceiro, seguido por Ocon e Vettel, enquanto Räikkönen tinha o sexto melhor tempo até então.

Quem também teve problemas no câmbio nesta manhã foi a Haas, o que limitou bastante os trabalhos de pista de Mick Schumacher, que após quase duas horas de sessão havia completado somente sete voltas e era o oitavo e último na tabela de tempos. Uma falha hidráulica no novo VF-21 fez com que a Haas tivesse de recolher o carro para os boxes para instalar um novo câmbio. Em contrapartida, Gasly, sem problemas, era quem ostentava a maior quilometragem com 31 giros àquela altura da sessão.

O francês seguiu fazendo bom trabalho e conseguiu mostrar, além da confiabilidade do novo carro da AlphaTauri, também ótima velocidade. Gasly cravou 1min32s525 e assumiu a dianteira com somente 0s012 de vantagem para Ricciardo. Mas o australiano deu o troco minutos depois e voltou a colocar a McLaren de novo na liderança com 1min32s203.

SEBASTIAN VETTEL; ASTON MARTIN; PROBLEMA; F1; FÓRMULA 1; SAKHIR;
Mecânicos da Aston Martin recolhem carro de Vettel para os boxes (Foto: Reprodução)

Com quase 2h40min de sessão, a direção de prova acionou a bandeira amarela pela primeira vez nos testes de 2021. A Aston Martin de Vettel apresentou problemas na saída do pit-lane e ficou ali parada, obrigando os comissários a neutralizar a sessão para que os mecânicos pudessem recolher o carro de volta para os boxes.

Após aproximadamente três horas de atividades pela manhã, Gasly seguia como o dono da maior quilometragem em Sakhir, com 52 voltas. Com pneus médios, o francês conseguiu melhorar seu tempo, mas ainda não o bastante para tirar Ricciardo da ponta, ficando 0s028 atrás. Por sua vez, Roy Nissany, com a Williams, regressou para a pista depois de um longo período sem acelerar. O israelense, reserva da equipe de Grove, aparecia com o oitavo melhor tempo.

ESTEBAN OCON; ALPINE; PRÉ-TEMPORADA; FÓRMULA 1; BAHREIN; DIA 1; MANHÃ
Esteban Ocon chegou a liderar a tabela de tempos pela manhã com a belíssima Alpine no Bahrein (Foto: Alpine F1 Team)

Na hora final, a maior parte do grid calçou pneus médios para as voltas derradeiras antes do almoço, exceção feita a Verstappen, que permanecia com os duros C2. A Mercedes, por sua vez, deixava tudo pronto no carro para levar Bottas de volta à pista depois de uma manhã quase toda perdida.

O regresso de Valtteri à pista aconteceu com 33 minutos para o fim do primeiro período. E assim como havia acontecido mais cedo, o nórdico acelerou com o novo W12, calçado com pneus duros, os C2, com um sensor acoplado na traseira do carro para a realização de testes aerodinâmicos. Quem também voltou depois de uma manhã bastante difícil foi Schumacher para completar os trabalhos da manhã pela Haas.

Leclerc ajuda fiscais de pista a empurrar a nova Ferrari após problemas no fim da manhã (Foto: Reprodução)

Quando restavam seis minutos para o fim da sessão pela manhã, Leclerc teve problemas com o novo carro da Ferrari e encostou a SF21 na área de escape. A pane provocou a primeira bandeira vermelha dos testes. A pista foi liberada em seguida, mas, pouco depois, a bandeira quadriculada tremulou em Sakhir.

Fórmula 1 2021, pré-temporada, Sakhir, dia 1, manhã:

1D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:32.203 45
2P GASLYAlphaTauri Honda1:32.231+0.02874
3M VERSTAPPENRed Bull Honda1:32.245+0.04260
4E OCONAlpine1:32.959+0.75655
5C LECLERCFerrari1:33.242+1.03959
6K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:33.320+1.11763
7S VETTELAston Martin Mercedes1:33.742+1.53951
8R NISSANYWilliams Mercedes1:34.789+2.58639
9M SCHUMACHERHaas Ferrari1:36.127+3.92415
10V BOTTASMercedes1:36.850+4.6476
Com poucos minutos para o início dos testes, a Haas enfim revelou o VF-21 para a temporada 2021 da Fórmula 1 (Vídeo: Haas)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube