F1

"Desapontado comigo mesmo", Magnussen diz que torceu para "motor explodir" durante GP de Mônaco

Kevin Magnussen não teve um domingo fácil em Mônaco: depois de largar em quinto, acabou só em 12° na pista, para depois ser punido e perder mais duas posições. E a frustração começou já durante o GP: quando percebeu que não ia conseguir se sair bem, torceu para o “motor explodir” para que tudo acabasse logo

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
O GP de Mônaco parecia promissor para a Haas, principalmente quando Kevin Magnussen garantiu a quinta colocação no grid no treino de classificação de sábado. Mas, no último domingo (26), tudo foi por água abaixo: tanto o dinamarquês quanto Romain Grosjean foram punidos em 5s após a prova - o francês, assim, foi apenas 10°, enquanto Magnussen despencou para 14°.

Frustrante, no mínimo. E aquele que havia sido o "melhor da F1 B" no sábado se mostrou bastante triste com o modo com que a corrida acabou ocorrendo para ele.

"Eu queria que o motor explodisse", disse ele ao 'Motorsport', sobre como se sentiu quando percebeu que o resultado não seria aquele que prometia quando se viu na quinta colocação. Ele e a Haas erraram na estratégia ao entrar nos boxes quando o safety-car foi para a pista: neste momento, perderam algumas posições.
Kevin Magnussen (Foto: Haas)



"É desapontador ter um resultado desse quando havíamos sido tão fortes durante todo o final de semana e a equipe havia feito um trabalha fantástico. Eles me deram todas as ferramentas que eu precisava para um bom desempenho. Fomos simplesmente ótimos no final de semana. Então eu peço desculpas a todos. Não quero concluir nada sobre o que aconteceu, apenas peço desculpas. Estou desapontado comigo mesmo", segiu Magnussen.

O dinamarquês foi punido em 5s por ultrapassagem irregular sobre Carlos Sainz. Na pista, passou a bandeirada em 12°, mas horas depois recebeu a penalizaão e, no resultado oficial, apareceu em 14°.

Com isso, deixou a 'liderança' da 'F1 B': com 14 pontos, está dois atrás do próprio Sainz, que tem 16. Grosjean, por sua vez, é apenas 17°, com dois pontos.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.