Desfalcada de Magnussen, McLaren ‘rejeita’ Vandoorne e avisa que “não terá reserva oficial” em Cingapura

Kevin Magnussen sequer viajou até à cidade-estado devido à lesão na sua mão esquerda em razão de uma queda de bicicleta. Teórico substituto natural, Stoffel Vandoorne está a caminho de Cingapura, mas para atuar como comentarista de uma emissora belga no fim de semana

A McLaren anunciou nesta quarta-feira (16) que Stoffel Vandoorne não será o reserva de Fernando Alonso e Jenson Button durante o fim de semana do GP de Cingapura. Kevin Magnussen, que desempenha a função — o dinamarquês inclusive já substituiu Alonso no GP da Austrália, o primeiro da temporada — não viajou ao Sudeste Asiático porque quebrou a mão esquerda em virtude de uma queda de bicicleta nesta semana.

Entretanto, Vandoorne, virtual campeão da GP2 e piloto do programa de desenvolvimento da McLaren, não foi escalado pela escuderia britânica para ocupar o lugar de Magnussen como suplente da dupla titular no fim de semana.

Ao menos oficialmente, a McLaren não contará com Vandoorne como reserva do time em Cingapura (Foto: GP2)

“Stoffel está em Cingapura para fazer um trabalho para uma emissora de TV belga, o que já estava acertado há muitas semanas”, informou a McLaren.

O time de Woking, no entanto, indicou que Vandoorne será chamado caso aconteça alguma urgência nos próximos dias. “A McLaren não terá um reserva oficial aqui em Cingapura neste fim de semana, embora Stoffel obviamente vai estar baseado na McLaren e vai nos ajudar onde e como for necessário”, reportou a equipe por meio de comunicado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube