Dickie Stanford é substituído por Peter Vale no cargo de gerente do time de corrida da Williams

Trabalhando na função desde 2010, Dickie Stanford deve assumir um novo papel dentro da Williams. Ele está na equipe desde 1985

A cobertura completa do GP da Austrália no GRANDE PRÊMIO
As imagens da quinta-feira da F1 na Austrália
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Dickie Stanford não atuará mais como gerente do time de corrida da Williams na F1, sendo substituído por Peter Vale, ex-coordenador técnico da McLaren. A função compreende o gerenciamento dos funcionários que viajam para cada GP.

Stanford estava no cargo desde 2010, sendo que já exercera a função entre 1995 e 2005, quando quis deixá-la para poder passar mais tempo com a família no Reino Unido.

Dickie Stanford conversa com Ross Brawn em evento em 2007 (Foto: Getty Images)

O britânico está na Williams desde 1985, quando começou a trabalhar como mecânico no carro de Nigel Mansell.

Apesar do remanejamento, não foi anunciada a saída de Stanford da Williams, por isso espera-se que ele assuma outra função dentro da escuderia de Grove.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube