Diretor-técnico da Williams se recusa a comentar tempos de Kubica em testes em Abu Dhabi: “É um tópico complicado”

A Williams se recusou a comentar os tempos de Robert Kubica nos testes em Abu Dhabi, na última terça e nesta quarta. O objetivo, segundo Paddy Lowe, é evitar complicações sobre tópico tão delicado

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Robert Kubica fez o sétimo melhor tempo do segundo dia de testes em Abu Dhabi, depois de alcançar o nono lugar na última terça-feira (28). Seu melhor tempo foi nesta quarta, com 1min39s465, usando os pneus hipermacios, novidade para a próxima temporada.

Mas a Williams preferiu não comentar sobre o único dado disponível para a imprensa e público interessados neste retorno de Kubica à F1. Seus tempos, segundo Paddy Lowe, diretor-técnico da equipe, não são importantes no momento – ele já havia dito que preferia focar na parte física e que estava feliz com a resposta do polonês.

Robert Kubica em ação nos testes em Abu Dhabi (Foto: Sky Sports/Twitter)

"Não vou falar sobre tempos e velocidade. É um tópico complicado", afirmou Lowe ao 'Motorsport'. "Sei que vocês querem resposta sobre isso mas não é algo que iremos discutir", seguiu.

"Desempenho e velocidade são tópicos realmente complicados, ler uma tabela de tempos não te dá a direção exata, então não falarei sobre isso. Nós não analisamos tudo ainda", completou.

A situação de Kubica ainda é uma incógnita no quesito físico e capacidade de pilotar em alto nível. Seus tempos, porém, não foram animadores: na terça, andou atrás de Lance Stroll, por exemplo.

FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube