Em busca de quilometragem, Magnussen é escalado para pilotar Haas no primeiro dia de testes da pré-temporada da F1

Kevin Magnussen vai ter a honra de ser o primeiro a pilotar o VF-17, carro da Haas para a temporada 2017 da F1. O chefe Guenther Steiner avisa que o foco da atividade vai estar na confiabilidade do modelo, repaginado

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Kevin Magnussen vai ter a honra de estrear o Haas VF-17 na bateria de testes em Barcelona. O dinamarquês foi escalado pela equipe para comandar o novo modelo em 27 de fevereiro, a primeira de oito datas reservadas para atividades de pré-temporada da F1. Em seu primeiro dia como piloto da equipe americana, Magnussen vai ter a missão de acumular o máximo de quilometragem possível.
 
A Haas projeta a necessidade de entender o funcionamento dos novos carros da F1, transformados por conta do novo regulamento técnico. Antes de realmente testar a velocidade do VF-17, a chefia da escuderia prefere dar atenção à confiabilidade.
 
“No primeiro teste da temporada, você tenta se assegurar de que tudo funciona como deveria. Você testa tudo que foi feito”, disse Guenther Steiner, chefe da Haas. “Na segunda parte, você tenta extrair rendimento do carro o mais cedo possível. Tudo vai ser novo no carro, então o primeiro teste é importante só do ponto de vista da confiabilidade, tentando aprender o máximo possível. Você consegue uma referência e trabalha a partir disso no resto do ano”, seguiu.
Kevin Magnussen, já com o uniforme da Haas (Foto: Haas)
Steiner não vê problemas em colocar o recém-contratado Magnussen no comando do VF-17 logo no primeiro dia de atividades. O dirigente percebeu uma facilidade na adaptação do dinamarquês, vindo da Renault, e não espera por dificuldades.
 
“Não acho que vai ser muito difícil. Claro que leva algum tempo, mas não creio que vamos perder muito tempo com isso. Até lá ele [Magnussen] já vai ter testado bastante no simulador. Ele também já esteve com seus engenheiros, parece que estabeleceram uma boa comunicação. É algo que ele já fez antes, não é nada novo. É só uma pequena mudança”, considerou.
 
Magnussen, por sua vez, não vê a hora de pilotar um F1 pela primeira vez em quase três meses.
 
“Espero conseguir muita quilometragem. Estou muito ansioso para voltar ao carro, foi um inverno longo. Você sente falta de pilotar já nas primeiras semanas. Vai ser bom conseguir algumas voltas, sentir e aproveitar o carro. Espero não ter muitas interrupções, para que possamos aprender e acumular o maior número possível de dados”, finalizou Magnussen.
 
Magnussen também vai pilotar o carro da Haas no dia 28. Depois, nos últimos dois dias da primeira bateria de testes, Romain Grosjean toma conta do Haas VF-17.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube