Ericsson vê “progresso encorajador” da Sauber ao longo dos testes em Jerez e elogia trabalho de Nasr

Marcus Ericsson, dono do segundo melhor tempo do dia em Jerez, se disse satisfeito com o progresso feito pela Sauber na semana de treinos e elogiou também o trabalho de Felipe Nasr

Assim como Felipe Nasr, Marcus Ericsson também deu mais de 100 voltas pela pista de Jerez de la Frontera neste último dia de testes da primeira bateria da pré-temporada 2015 da F1. O sueco, entretanto, não conseguiu a primeira posição da tabela, como o colega, mas fechou a sessão desta quarta-feira (4) com a segunda melhor marca, em 1min22s019, 1s1 mais lento que Kimi Räikkönen, o líder com a Ferrari.

O jovem piloto dedicou as atividades ao trabalho de análise dos componentes aerodinâmicos e ao acerto do C34. "Foi mais um dia muito bom para nós com 112 voltas completadas", afirmou Ericsson.

"Tem sido uma grande primeira semana de testes para toda a equipe e eu apenas gostaria de agradecer a todos pelo trabalho realizado até aqui", completou Marcus, que, depois de quase um ano na Caterham, acertou a vida como titular para essa temporada na equipe suíça.

Marcus Ericsson foi o segundo colocado nos testes em Jerez (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Ericsson falou também do programa técnico dos testes. "Conseguimos também coletar muitas informações. E foi interessante para mim, porque eu pilotei o carro no primeiro dia e depois hoje, então deu para perceber a evolução. Felipe e a equipe fizeram um grande trabalho nesses dias, então quando eu entrei no carro, deu para notar imediatamente o progresso, o que é encorajador", explicou.

"Acho que teremos uma boa base para trabalhar agora", encerrou Ericsson, que se viu, ao fim dos treinos, parado entre as curvas nove e dez da pista espanhola por falta de combustível.

A Sauber agora retorna à pista no dia 19 de fevereiro, para o primeiro de quatro dias de testes coletivos em Barcelona.

VERMELHO, VERMELHAÇO, VERMELHANTE…

A Ferrari, tanto como equipe quanto como fornecedora de motores, dominou a semana de testes da F1 em Jerez de la Frontera. A escuderia de Maranello liderou três dos quatro dias de atividades na Espanha. No outro, foi a Sauber, equipe que usa motores Ferrari, que terminou na frente. Nesta quarta-feira, Kimi Räikkönen marcou o melhor tempo da semana.

Leia a reportagem do último dia de testes da F1 no GRANDE PRÊMIO.

McLATA? McLENTA? McNADA… 

A McLaren tornou a demonstrar tranquilidade quanto às falhas apresentadas pelo MP4-30 e seu motor Honda nos testes de pré-temporada em Jerez de la Frontera, na Espanha. De acordo com o diretor de engenharia Matt Morris, os problemas constatados nos últimos dias foram relativamente pequenos — apenas um pouco demorados de se resolver — e não devem provocar atrasos no desenvolvimento do carro.

Leia a reportagem completa direto de Jerez no GRANDE PRÊMIO.

WALKING DEAD TEAM

A Marussia aparantemente vai voltar da terra dos mortos. Os administradores judiciais que passaram a controlar os rumos da equipe em outubro anunciaram que a Marussia vai deixar a situação de controle terceirizado no próximo dia 19 de fevereiro e planeja participar do Mundial de F1 desde o princípio. Agora se apresenta a notícia de que a Marussia vai conseguir se salvar quando tudo parecia perdido.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube