F1 anuncia São Petersburgo no lugar de Sóchi como palco do GP da Rússia a partir de 2023

O GP da Rússia vai ter um novo palco a partir de 2023. Igora Park, em São Petersburgo, vai receber o Mundial de Fórmula 1 dentro de dois anos e vai substituir o Parque Olímpico de Sóchi, que é sedia uma das etapas da principal categoria do automobilismo desde 2014

Valtteri Bottas rodou dentro do pit-lane durante o segundo treino livre do GP da Estíria da F1 (Foto: F1/Reprodução)

O GP da Rússia vai ter uma nova sede a partir de 2023. Na manhã deste sábado (26), a Fórmula 1 anunciou que São Petersburgo, com o circuito Igora Park, vai receber o Mundial dentro de dois anos e será o substituto do Parque Olímpico de Sóchi, que seguirá sediando uma etapa da categoria até o ano que vem.

As primeiras notícias sobre a troca de Sóchi para São Petersburgo datam de 2019. À época, o site britânico ‘RaceFans’ noticiou que o presidente Vladimir Putin, nascido em São Petersburgo, segunda idade mais importante da Rússia e um dos destinos turísticos mais relevantes da Europa, tinha interesse em trocar a sede do GP local de Fórmula 1.

São 2.235 km de distância entre Sóchi e São Petersburgo que, como parte do Mundial a partir de 2023, será a cidade mais setentrional (ao norte) do mundo a receber a F1, mais ao norte do que capitais como Estocolmo (Suécia), Oslo (Noruega) e Tallin (Estônia). O Igora Park também fica a apenas 150 km de distância da fronteira com a Finlândia, país de enorme relevância para a F1 e que conta com dois pilotos atualmente no grid: Valtteri Bottas e Kimi Räikkönen.

Sóchi deixará o calendário da F1 em 2022 (Foto: Haas)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Ter uma cidade tão importante do ponto de vista do turismo é relevante para o Liberty Media, que nunca escondeu o desejo de levar a F1 para grandes centros.

O Igora Drive foi desenhado por Hermann Tilke e recebeu a homologação necessária para sediar corridas da Fórmula 1. O projeto foi financiado pelo banqueiro Yury Kovalchuk, proprietário do Rossiya Bank e próximo de Vladimir Putin. A pista formam um complexo esportivo e teria custado US$ 200 milhões — R$ 986,9 milhões —, segundo a imprensa local. O circuito de São Petersburgo tem 4.086 metros de distância, com 15 curvas.

Sóchi, por outro lado, se despede do campeonato em 2022. A pista estreou na F1 em 2014 e foi construída dentro do Parque Olímpico dos Jogos de Inverno daquele mesmo ano, inclusive passando no meio de diversas instalações. Apesar de muito criticada pelos fãs por proporcionar poucas ultrapassagens, não saiu do calendário nem mesmo durante a pandemia de Covid-19, mas vinha sofrendo pressão interna do governo russo, pois Putin queria trocar o local da prova.

Igora Park é mais um dos autódromos projetados por Hermann Tilke. O traçado recebeu o status de Grau 1 da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) no fim de 2020, cenário que permite que a pista receba uma prova do Mundial de Fórmula 1.

IGORA PARK; RÚSSIA; SÃO PETERSBURGO;
São Petersburgo será o palco do GP da Rússia a partir de 2023 (Foto: Divulgação)

Ainda não há uma definição sobre qual será o traçado e a quilometragem do circuito que receberá a Fórmula 1. O Igora Park permite até dez layouts diferentes.

Stefano Domenicali, presidente e CEO da Fórmula 1, destacou a chance de trazer uma cidade do porte de São Petersburgo ao calendário da Fórmula 1. “Tenho o prazer de confirmar que, após intenso trabalho em conjunto com nossos parceiros e a avaliação detalhada de Igora Drive, a Fórmula 1 vai competir naquele circuito incrível a partir de 2023”.

“Estou impressionado com São Petersburgo e acredito que o GP da Rússia em Igora Drive será um evento incrível”, comentou o italiano.

A Fórmula 1 informa também que vai fornecer maiores detalhes sobre o GP da Rússia em São Petersburgo nos próximos meses. O GP da Rússia deste ano está marcado para 26 de setembro, novamente no Parque Olímpico de Sóchi

Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado no Red Bull Ring. O treino livre 3 está marcado para 7h (de Brasília, GMT-3), enquanto a classificação acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar