carregando
F1

F1 já cogita ampliar paralisação das equipes para conter gastos

As equipes podem ficar mais paradas do que o previsto. Por conta do coronavírus, a categoria já estuda a possibilidade de manter as fábricas fechadas para evitar maiores gastos

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
As atividades da Fórmula 1 podem ficar paradas por mais tempo do que o previsto. A categoria admite a possibilidade de estender a paralisação das equipes para controlar os gastos durante a incerteza do início da temporada.
 
Com a pandemia do coronavírus, as primeiras oito corridas do calendário foram adiadas ou canceladas. A previsão de abertura do campeonato é no GP do Canadá, no dia 14 de junho.
 
Por conta do grande hiato de atividades, a F1 adiantou as férias para os meses de março e abril, obrigando uma paralisação de 21 dias. A decisão foi tomada para encaixar provas durante o período de agosto.
 
Frédéric Vasseur, chefe da Alfa Romeo, apoia a extensão, apontando a ajuda às equipes. “Temos a possibilidade de estender o fechamento. Uma das decisões para reduzir drasticamente os custos seria a extensão da paralisação”, disse.
Vasseur apoia extensão de paralisação (Foto: Reprodução)
“O dia a dia é basicamente o mesmo que durante as férias de verão, pois não somos permitidos a trabalhar, exceto comunicação e algumas funções minhas e alguns outros de posições maiores”, continuou.
 
“Mas toda a equipe técnica não pode trabalhar pelas próximas três semanas, sendo até o meio de abril. Espero que no meio de abril já tenhamos uma visão melhor da situação para o resto do ano e, então, seremos capazes de tomar decisões”, completou.
 
O dirigente ainda exaltou o fato dos times trabalharem juntos diante das atuais circunstâncias. “Acho que é um ponto positivo da crise, estamos provavelmente mais juntos e vamos ser mais fortes juntos. Temos que trabalhar juntos para superar isso”, destacou.
 
“Para salvar a temporada se for possível e realizar o máximo de corridas possível. Não é fácil. A cada dia temos mais novidades, novas preocupações. O mais importante é ser flexível e trabalhar como um grupo. E nem sempre é a primeira vontade da F1”, encerrou.
 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.


 
Paddockast #54
NO ANO DA DANÇA DAS CADEIRAS, QUEM DEVE FICAR SEM CONTRATO?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.