FIA anuncia nova pontuação para ‘corridas curtas’ na F1 após não-GP da Bélgica

FIA determinou novas regras sobre distribuição de pontos em corridas interrompidas após polêmica que tomou conta do não-GP da Bélgica de 2021, inviável devido às fortes chuvas em Spa-Francorchamps

FÓRMULA 1 CANSA DE BRINCAR DE SER ANTIRACISTA E PROTESTOS GENÉRICOS ACABAM

Em reunião da FIA na manhã desta segunda-feira (14), a entidade definiu algumas mudanças em relação à temporada de 2022 com efeito imediato. Além das corridas sprint, outra novidade ficou por conta da nova pontuação dada aos pilotos em caso de corridas interrompidas — como o GP da Bélgica de 2021, que teve apenas duas voltas atrás do safety-car devido às péssimas condições climáticas.

Na ocasião, foram distribuídos metade dos pontos para cada piloto que terminou no top-10. A partir de 2022, entretanto, os tentos só serão contabilizados se o líder completar ao menos duas voltas sem a intervenção do safety-car ou do SC virtual. Além disso, a distribuição também dependerá de quantas voltas foram completadas ao longo da corrida.

GP DA BÉLGICA; FÓRMULA 1;
Corrida na Bélgica foi interrompida após horas de indefinição devido ao mau tempo (Foto: Dan Mullan/Getty Images/Red Bull Content Pool)

No caso do líder conseguir efetuar dois giros completos na pista mas a corrida terminar com menos de 25% da duração prevista, apenas os cinco primeiros receberão pontos, da seguinte forma:

PosiçãoPontuação
6 pontos
4 pontos
3 pontos
2 pontos
1 ponto

Se a corrida tiver entre 25% e 50% da duração completa, os nove primeiros passam a receber pontos, na seguinte distribuição:

PosiçãoPontuação
13 pontos
10 pontos
8 pontos
6 pontos
5 pontos
4 pontos
3 pontos
2 pontos
1 ponto

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

George Russell, sob regime de safety-car, à frente de Lewis Hamilton em Spa-Francorchamps (Foto: AFP)

Por fim, ainda existe a possibilidade de os pilotos conseguirem completar mais da metade da corrida, mas não conseguirem passar de 75% da duração prevista inicialmente. Assim, a pontuação voltaria a ser distribuída entre os dez primeiros da seguinte forma:

PosiçãoPontuação
19 pontos
14 pontos
12 pontos
9 pontos
8 pontos
6 pontos
5 pontos
3 pontos
2 pontos
10º1 ponto

Em 2021, o GP da Bélgica foi afetado por fortes chuvas que resultaram na corrida mais curta da história da Fórmula 1. Depois de diversos atrasos por conta do temporal, os pilotos foram para a pista atrás do safety-car e completaram apenas duas voltas, o suficiente para encerrar a prova e distribuir metade dos pontos para os dez primeiros colocados. A chuva já havia afetado o terceiro treino livre e a classificação, o que possibilitou inclusive o primeiro pódio de George Russell na F1, em seu ano de despedida da Williams.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar