F1

Force India vê punição a Hülkenberg por corte de curva em Abu Dhabi como branda e reclama: “Uma piada”

Nico Hülkenberg foi punido com o acréscimo de 5s, mas só precisou cumprir quando já tinha mais de 5s de vantagem sobre Sergio Pérez. O dirigente Otmar Szafnauer lamenta que a ineficácia da punição tenha ajudado a Renault a ultrapassar a Toro Rosso no Mundial de Construtores

Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre

Pode parecer coisa pequena, mas a vantagem tomada por Nico Hülkenberg ao cortar curva para ultrapassar Sergio Pérez não foi bem vista pela Force India. O alemão recebeu uma punição de 5s, mas a equipe indiana acredita que não foi a atitude correta – o melhor mesmo seria devolver a posição ao mexicano na mesma hora, ainda na primeira volta do GP de Abu Dhabi deste domingo (26).
 
“Hülkenberg tinha que devolver a posição, da mesma forma que ele fez com o Grosjean”, disse o dirigente Otmar Szafnauer, citando outro incidente na segunda metade da prova. “Esse esporte vira uma piada se formos tão inconsistentes. Estamos brigando por posição e sabíamos que eles [Renault] tinham mais velocidade com ultramacios, e é por isso que a gente precisava ficar na frente”, seguiu.
Nico Hülkenberg cruzou a linha de chegada em sexto (Foto: AFP)

Hülkenberg só cumpriu a punição na volta 17, durante seu único pit-stop da corrida. Nessa altura, o alemão já tinha mais de 5s de vantagem sobre Pérez, que vinha imediatamente atrás. Por isso, a punição não teve efeito.
 
Sem perder posição para Pérez, Hülkenberg seguiu em frente para cruzar a linha de chegada em sexto e deixar a Renault na frente da Toro Rosso no Mundial de Construtores.
 
“Hülkenberg cortou uma curva, a FIA não fez nada a respeito disso, e adivinha? Eles ganham uma posição no Mundial de Construtores, o que significa mais dinheiro e competitividade em 2018. Não sei o que eles estavam pensando, é bem difícil de entender quando é desse jeito. A inconsistência não é legal”, encerrou.
 
“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1