FOTO: Mercedes abre testes coletivos com luzes acopladas à asa traseira para melhorar visibilidade na chuva

A terça-feira (15) abre uma sessão de dois dias de testes coletivos que a F1 promove em Barcelona. E nesta manhã, Lewis Hamilton acelerou o Mercedes W09 com uma novidade: lâmpadas de led acopladas à asa traseira do carro prateado. Trata-se de um teste que visa melhorar a visibilidade dos carros no molhado

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Dois dias após vencer com autoridade o GP da Espanha de F1, Lewis Hamilton já está de volta à pista em Barcelona. O britânico é uma das atrações do primeiro dia de testes coletivos que a categoria promove no circuito catalão entre esta terça-feira (15) e quarta. O tetracampeão foi escalado pela Mercedes para abrir os trabalhos nesta manhã e também foi destacado para testar uma novidade. Em teste promovido pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), o W09 guiado por Hamilton conta com lâmpadas de led acopladas à asa traseira. Tudo para oferecer uma maior visibilidade em condições de chuva.

 
A escolha da Mercedes para testar o novo sistema de iluminação foi feita pela própria FIA e prontamente aceita pela equipe. Contudo, por enquanto trata-se apenas de um teste, o que não significa que as lâmpadas nos carros já sejam um padrão nas próximas corridas, devendo passar pelo processo habitual de aprovação.
Detalhe das lâmpadas de led acopladas à asa traseira da Mercedes em Barcelona (Foto: Twitter)
Além de Hamilton, outros 11 pilotos estão na pista nesta manhã de testes da F1 em Barcelona. Romain Grosjean, da Haas, liderou as três primeiras horas de sessão na Catalunha, marcando o melhor tempo até então — 1min18s449 — com pneus hipermacios. Hamilton aparece em segundo, com Max Verstappen em terceiro, Carlos Sainz em quarto e Stoffel Vandoorne em quinto.
 
Chamado pela Force India para a sessão, Nicholas Latifi é o sexto, seguido pela Ferrari de Sebastian Vettel. Oliver Rowland, piloto de desenvolvimento da Williams, é o oitavo, à frente da McLaren de Lando Norris e da Force India de George Russell. Os dois últimos fazem um programa à parte de trabalho de desenvolvimento dos pneus junto à Pirelli durante o dia.
 
Antonio Giovinazzi, que volta ao cockpit de um F1 com a Sauber, e Sean Gelael, da Toro Rosso, completam a escalação desta terça-feira em Barcelona.
CAMINHO PARA VIRAR LENDA

TRÍPLICE COROA É O QUE SOBROU PARA CARREIRA DE ALONSO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube