GP às 10: Gasly na Mercedes na temporada 2022: a Fórmula 1 pode ver isso?

Victor Martins elabora uma análise do desempenho de Pierre Gasly em 2021 e fala sobre o afago que faz a Mercedes. Será o francês um novo candidato à vaga de Valtteri Bottas?

O domingo do GP do Azerbaijão foi tão repleto que até teve um curioso elogio da Mercedes ao terceiro lugar de Pierre Gasly. Com uma corrida sólida e agressiva, o francês aproveitou a relargada final para assegurar o pódio em Baku – o primeiro da AlphaTauri na temporada 2021.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Por mais que o social media da equipe alemã seja um caso de sucesso – dias antes, por exemplo, foi narrando com prints a chegada atrasada de Valtteri Bottas a Baku -, qualquer empresa tem diretrizes claras para postagens. E nada é por acaso. Após a grande atuação em Baku, o jovem piloto ganhou elogios nas redes sociais, o que foi imediatamente notado e já chamou a atenção para um eventual interesse da marca alemã.

Victor Martins analisa como Gasly desperta interesse pelo desempenho que vem tendo na equipe B da Red Bull nas últimas temporadas e como seria o xeque-mate de Toto Wolff no grupo que hoje é claramente seu nó na garganta na Fórmula 1.

LEIA TAMBÉM
+Alonso faz grande corrida em Baku, mas segue longe de reviver ‘conto de fadas’ na F1
+Alfa Romeo escapa de Haas e Williams e vive em categoria própria na Fórmula 1 2021
+Pérez cumpre metas com vitória e adaptação à Red Bull. Próximo passo é novo contrato
+Bottas derrete em praça pública e perde status de escudeiro valioso na Mercedes

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar