Grosjean diz que tentou sair do carro em chamas três vezes: “Pareceu muito tempo”

Romain Grosjean deu sua primeira entrevista após o grave acidente no GP do Bahrein e comentou sobre a saída do carro após quase meio minuto envolto por chamas. O piloto da Haas ainda revelou que o volante do carro voou após o impacto

Romain Grosjean deu sua primeira entrevista, ainda no hospital que está internado no Bahrein, após o assustador acidente sofrido na corrida do último domingo (29).

Na conversa com a emissora francesa TF1, o piloto da Haas revelou detalhes sobre os segundos que ficou preso no cockpit e cercado por muito fogo.

“Eu fiquei 28 segundos nas chamas e pareceu muito mais tempo, já que tentei sair do carro três vezes. Depois desse acidente, fico feliz por estar vivo”, afirmou o franco-suíço.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Romain Grosjean ficou preso no carro por quase meio minuto (Foto: AFP)

“Para sair do assento, eu consegui tirar meu cinto. O volante não estava mais lá, provavelmente voou durante o impacto na proteção”, completou.

Falando com os jornalistas, Grosjean ainda revelou que perdeu uma das sapatilhas durante o acidente e o que sentiu quando viu as mãos em chamas. “No fim, minhas mãos estavam queimadas e tive um entorse. Pensei que tinha quebrado meu pé”, declarou.

Grosjean também comparou o acidente sofrido com o de Niki Lauda durante o GP da Alemanha de 1976, quando o então piloto da Ferrari foi coberto por uma bola de fogo e teve múltiplas queimaduras graves no corpo, inclusive no rosto.

“Vi meu visor todo laranja e chamas ao meu redor. O acidente do Niki Lauda veio à minha mente. Eu não queria terminar daquele jeito, tive que sair por minhas crianças”, finalizou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube