Grosjean e Magnussen se animam com Haas após boas voltas nos treinos de Melbourne: “Temos um bom conjunto”

A boa impressão causada pela Haas na pré-temporada segue reverberando no GP da Austrália. Romain Grosjean, líder do pelotão intermediário nos treinos livres, gostou de ver que a velocidade do VF-18 não ficou esquecida em Barcelona

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Foi só o primeiro dia oficial da temporada 2018 da F1, mas a Haas já tem motivos para ficar animada. Depois de uma boa apresentação nos testes de Barcelona, a equipe americana voltou a se destacar nesta sexta-feira (23) de treinos livre em Melbourne – tanto no TL1 quanto no TL2, Romain Grosjean foi o melhor do pelotão intermediário, aparecendo respectivamente em sétimo e sexto.
 
Como não poderia deixar de ser, Grosjean ficou satisfeito – mesmo que o bom senso sugira a cautela após um único dia de treinos livres.
 
“Foi um bom dia. Fico feliz com o carro e com o pessoal da equipe, que fez um ótimo trabalho ao deixar tudo pronto”, disse Grosjean. “Foi uma pré-temporada de sucesso e é bom confirmar que o carro está competitivo em outra pista e com outras temperaturas. Óbvio que ainda é cedo e precisamos dar sequência ao trabalho. Algumas áreas ainda podem melhorar, mas estou muito feliz com o andar do dia”, seguiu.
Romain Grosjean teve um bom começo de fim de semana em Melbourne (Foto: Haas)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Magnussen teve um dia um pouco mais complicado com o VF-18, mas também saiu com boas impressões. Depois de ser apenas 17º no TL1, o dinamarquês saltou para nono no TL2, consequência do fim dos contratempos na garagem.
 
“Estou bastante otimista, mas ainda temos trabalho pela frente. Tive alguns problemas anormais hoje”, lamentou. “Nenhum foi sério, mas foram coisas pequenas que estavam quebrando. Isso nos impediu de andar tanto quanto gostaríamos, ao menos no meu lado da garagem. Tivemos uma sequência de voltas que foi representativa e eu fiquei feliz com a sensação que me passou. Fico animado por voltar amanhã. Não sabemos o que vai acontecer com o clima, mas sinto que temos um bom conjunto caso fique seco”, encerrou.
 
O GP da Austrália traz boas recordações para a Haas. Foi em Melbourne, em 2016, que a equipe americana estreou com um sexto lugar de Grosjean.
 

GRANDE PRÊMIO acompanha toda a ação do GP da Austrália de F1 AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

"RECOMEÇA A BRIGA"

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube