De olho em 2022, Haas anuncia atualização final do VF-21 para GP da Emília-Romanha

Com dupla novata e buscando sair do fim do grid, a Haas vai abandonar cedo o VF-21, carro para temporada 2021, já na segunda etapa do campeonato. A justificativa é que o time vai focar no carro de 2022, quando a Fórmula 1 vai implementar novo regulamento técnico

A temporada 2021 da Fórmula 1 é vista como transição para muitas equipes do grid. Isso porque o próximo ano será responsável por uma mudança drástica no regulamento e nos carros. A Haas, buscando melhorar em 2022, já anunciou que vai mudar o foco rapidamente.

A equipe americana afirmou que o desenvolvimento no VF-21, carro para esta temporada, vai terminar na segunda corrida do ano, o GP da Emília-Romanha, em Ímola.

De acordo com o time, a decisão foi por acreditar que desenvolver dois carros ao mesmo tempo seria um investimento sem sentido, focando assim os recursos necessários para o bólido de 2022, já com as alterações no regulamento.

Haas tem missão difícil em 2021 (Foto: Haas)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Band se prepara para transmitir F1 até champanhe acabar’

“Tudo o que planejamos está aqui. Teremos uma atualização que será apresentada em Ímola, mas essa será a última do carro. Teremos mais algumas partes menores, mas sem grandes mudanças, para ser honesto”, disse Guenther Steiner, chefe da equipe, aos jornalistas às vésperas do GP do Bahrein.

“Teremos essas partes menores em Ímola e depois não vamos mudar mais o carro”, completou o dirigente.

Para a temporada 2021, a Haas mudou também a dupla de pilotos. Romain Grosjean e Kevin Magnussen deixaram a equipe – e também a F1 -, sendo substituídos por Mick Schumacher e Nikita Mazepin, ambos vindos da Fórmula 2.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube