Haas condena atitude “abominável” de Mazepin em assédio e trata caso internamente

Em um rápido comunicado, a equipe norte-americana disse não apoiar o comportamento do russo em suas redes sociais. O piloto também se desculpou publicamente

A Haas condenou a “atitude abominável” de Nikita Mazepin em nova polêmica. Através de um rápido comunicado em suas redes sociais, a equipe deixou claro que não apoia o russo e que está lidando com a questão internamente.

Na noite da terça-feira, o futuro piloto de Fórmula 1 postou um vídeo em suas redes sociais que gerou revolta. Na gravação, está dentro de um carro, no passageiro, e começa a filmar todos ali. Então, vira para o banco de trás, onde uma modelo está sentada com um vestido.

A alça da roupa desliza e deixa um dos seios um pouco a mostra. Nesse momento, o competidor estica o braço e começa a apalpar a mulher, que tenta afastá-lo antes de mostrar o dedo do meio.

Por conta do post, o time norte-americano veio à público se manifestar. “A Haas não tolera o comportamento de Nikita Mazepin no vídeo recentemente postado em sua rede social. Ainda, o fato de que a gravação foi colocada em seu perfil também é abominável para o time. A questão está sendo lidada internamente”, escreveu.

NIKITA MAZEPIN; FÓRMULA 2;
A Haas avaliou o episódio como abominável por parte de Mazepin (Foto: ART Grand Prix)

Ainda, a esquadra comandada por Günther Steiner afirmou que não vai mais se pronunciar sobre o caso.

Após a declaração de seu futuro time, Nikita também se desculpou publicamente. “Gostaria de me desculpar por minhas recentes ações tanto em termos de um comportamento inapropriado quanto ao fato de ter postado nas redes sociais. Lamento pela ofensa que causei e a vergonha que trouxe para a Haas”, começou.

“Preciso me segurar e me manter em um alto nível como um piloto de Fórmula 1 e sei que deixei muitas pessoas na mão. Prometo que irei aprender com isso”, completou o russo na publicação.

Mazepin já tem longo histórico de polêmicas dentro e fora das pistas. A mais recente aconteceu no último final de semana, em Sakhir, quando empurrou Yuki Tsunoda para fora da pista e bloqueou Felipe Drugovich duas vezes. Isso rendeu uma punição de 10s ao russo.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar