Haas liga alerta para desgaste dos pneus com estreia do C5 no GP da Austrália

Mesmo com o VF-24 apresentando um bom gerenciamento de pneus nas duas primeiras corridas do ano, o chefe Ayao Komatsu teme que o desgaste da borracha seja um problema para a Haas na Austrália

A Haas teve o desgaste acentuado dos pneus como seu maior ponto fraco em 2023 e não tem certeza se corrigiu o problema para 2024. Embora as etapas no Bahrein e na Arábia Saudita tenham dado indícios de que o VF-24 não consome tanto o equipamento como seu antecessor, o chefe Ayao Komatsu ainda teme sofrer alguns problemas com a borracha. Por isso, ligou o alerta para a etapa na Austrália, que acontece no próximo fim de semana, e terá os compostos mais macios disponíveis na gama da Pirelli.

Apesar das inúmeras incertezas a respeito do desgaste de pneus do VF-24, a Haas teve um começo de temporada razoável na Fórmula 1 em 2024. Sem muitos problemas com a borracha nas primeiras corridas do ano, o time liderado por Komatsu viu Kevin Magnussen ser 12º. No Bahrein, contou com um bom trabalho em equipe de sua dupla de pilotos para Nico Hülkenberg fechar a etapa em Jedá em décimo e somar o primeiro ponto da escuderia na temporada.

Relacionadas


Porém o chefe da Haas foi contido em sua declaração ao comentar sobre as expectativas do GP da Austrália. Além da característica da pista em Melbourne ser completamente diferente do que foi apresentado no Bahrein e na Arábia Saudita, o pneu C5, o mais macio da gama da Pirelli, vai estrear em 2024. E é isso o que mais preocupa Komatsu.

“Estou ansioso por Melbourne, mais uma vez é um circuito muito diferente. O nível de downforce é parecido com o do Bahrein, mas é um circuito muito diferente. Em termos de afinação do carro, embora as exigências sejam diferentes, continuaremos concentrados no ritmo de longo prazo. O desgaste não será tão baixo quanto em Jeddah, ou tão alto quanto Bahrein, vai ser algo intermediário”, disse o dirigente.

A Haas somou um ponto com Nico Hülkenberg na Arábia Saudita (Foto: Haas F1 Team)

“Também será a primeira vez este ano que usaremos o composto de pneu C5. Historicamente, temos lutado para que os pneus funcionem na classificação, por isso vai ser interessante. Outro grande fator é o desgaste severo dos pneus, que anteriormente prejudicava o desgaste dos pneus. Não tivemos granulação severa este ano até agora, então este será outro novo desafio para administrarmos neste fim de semana”, finalizou o chefe da Haas.

Fórmula 1 volta neste fim de semana, entre os dias 21 e 24 de março, com o GP da Austrália, terceira etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do fim de semana.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.