Hamilton abre 110 pontos para Bottas, e Racing Point vai ao top-3. Confira classificação

A tabela do Mundial de Pilotos escancarou a enorme diferença entre Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Sergio Pérez, com o segundo lugar na Turquia, subiu para quarto no campeonato tendo duas corridas a menos. O mexicano ajudou a Racing Point a dar um grande saldo no Mundial de Construtores

A notável vitória no GP da Turquia deste domingo (15) contribuiu para Lewis Hamilton confirmar por antecipação a conquista do heptacampeonato do Mundial de Pilotos. E, de quebra, também serviu para evidenciar o tamanho da diferença que o separa do seu companheiro de equipe na Mercedes, Valtteri Bottas. Com o triunfo em Istambul, o britânico chegou a 307 pontos e abriu nada menos que 110 tentos para o nórdico, que terminou apenas em 14º lugar dentre os 16 pilotos que terminaram a prova.

Matematicamente, Bottas ainda corre risco de perder a luta pelo vice-campeonato para Max Verstappen. O holandês, que foi apenas o sexto colocado na prova depois de despontar como grande favorito à vitória no domingo, agora soma 170 e está 27 atrás de Valtteri com três corridas para o desfecho do campeonato.

Confira aqui a classificação atualizada da F1.

F1; FÓRMULA 1; LEWIS HAMILTON; HEPTACAMPEÃO; GP DA TURQUIA;
Lewis Hamilton vibra com a conquista do heptacampeonato mundial de Fórmula 1 (Foto: LAT Images/Mercedes)

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

É preciso destacar a temporada que faz Sergio Pérez. O mexicano foi um dos grandes nomes de Istambul e terminou a prova na segunda colocação, conquistando assim seu primeiro pódio no ano e o nono na carreira. Com o resultado, ‘Checo’ subiu para a quarta colocação do campeonato e soma agora 100 pontos. Quarto lugar e com duas corridas a menos que a maioria dos demais porque Pérez desfalcou a Racing Point nos GPs da Inglaterra e dos 70 Anos, em Silverstone, por ter sido infectado pelo novo coronavírus.

Pérez, além de Hamilton, é o único piloto da temporada a ter pontuado em todas as corridas em que participou. O dono do carro #11, ainda sem futuro garantido para 2021, está 3 pontos à frente de Charles Leclerc, quarto colocado neste domingo na Turquia, enquanto Daniel Ricciardo, da Renault, perdeu duas posições no campeonato depois de ter finalizado a prova em Istambul na décima posição.

Carlos Sainz e Lando Norris, da McLaren, estão um pouco mais distantes da disputa pelo quarto lugar do Mundial de Pilotos. O espanhol, que assegurou uma muito boa quinta colocação na Turquia, subiu para sétimo lugar no campeonato e soma 75 pontos no total, apenas 1 a menos na comparação com Norris, oitavo colocado em Istambul e dono da melhor volta e do ponto extra da corrida.

Alexander Albon chegou a flertar até com a vitória em algum momento da prova, mas terminou a disputa em sétimo, o bastante para somar alguns pontinhos. O anglo-tailandês tem agora 70 no campeonato, contra 63 de Pierre Gasly, que zerou neste domingo. Menção também a Lance Stroll, que terminou em nono e voltou a pontuar pela primeira vez desde o pódio do GP da Itália, e Sebastian Vettel, que marcou 15 dos seus 33 pontos apenas neste domingo graças ao pódio conquistado em Istambul.

F1; FÓRMULA 1; SERGIO PÉREZ; RACING POINT; GP DA TURQUIA;
Sergio Pérez ajudou a Racing Point a dar um grande salto no campeonato (Foto: Racing Point)

A luta pelo título do Mundial de Pilotos está definida, assim como a Mercedes também é campeã dos Construtores. Mas na disputa entre as equipes ainda há muita coisa em jogo, particularmente a disputa pela terceira posição no campeonato, o que vale muito dinheiro em termos de divisão de receita e premiação.

Com os 18 pontos somados por Pérez e os dois de Stroll na Turquia, a Racing Point voltou à terceira posição e soma agora 154 tentos, abrindo apenas 5 de vantagem para a McLaren, quarta colocada. Quem amargou o maior revés do fim de semana foi a Renault, que só acumulou 1 ponto graças a Ricciardo. A equipe francesa tem 136 pontos e agora passa a ser ameaçada até pela Ferrari, que tem 130.

A Mercedes, heptacampeã mundial, tem 504 tentos, enquanto a Red Bull soma 240 e, embora não esteja matematicamente garantida em segundo, está muito perto do vice-campeonato.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube