F1

Hamilton proíbe conversas sobre chances de hexa: “Vou lutar como se fosse pelo primeiro título”

A Mercedes pode ganhar seu sexto Mundial de Construtores consecutivo; Lewis Hamilton pode conquistar seu hexa campeonato mundial. Mas, para o piloto, o único jeito de alcançar qualquer marca é lutar pela taça como se fosse a primeira da carreira

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Um piloto e uma equipe podem conquistar o hexa na F1 2019: Lewis Hamilton, o maior vencedor entre os membros do grid da atualidade, e a Mercedes, que levou o Mundial de Construtores nos últimos cinco anos. Mas esse é um assunto proibido - ao menos entre quem convive com o atual pentacampeão do mundo.

Para Hamilton, a única maneira de se brigar novamente por um título é tratá-lo como se fosse uma novidade. Ao menos foi o que ele disse durante a primeira semana de pré-temporada da F1 em Barcelona.

"Não é algo sobre o qual permito que pessoas próximas a mim falem sobre", disse ele. "Sempre somos guiados pela vontade de fazer algo novo e quebrar limites, fazer coisas que ninguém fez antes. Mas sabemos de todo o trabalho necessário para entregarmos algo assim."
Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
Para Hamilton, a "nova temporada é um novo capítulo" e não pode ser tratada como uma continuação dos cinco títulos que ele e sua equipe conquistaram.

"De nenhuma maneira nos sentimos desse jeito, de 'sim, vamos lutar pelo sexto', como se fosse algo fácil, que conseguiremos de forma tranqulla. Não é assim. E não estamos nem focando nisso", explicou.

"Vou lutar como se fosse pelo meu primeiro título, e a Mercedes a mesma coisa. Vamos pelo primeiro lugar, é assim que abordamos essa situação", finalizou.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.