F1

Heineken negocia acordo de R$ 520 milhões para ser patrocinadora máster da F1 a partir de junho

Um novo nome de peso será visto nas pistas da F1 a partir do GP do Canadá, em junho. Não será nenhum piloto, mas sim a cervejaria holandesa Heineken, que fechou um acordo milionário de cinco anos para ser patrocinadora máster da principal categoria do automobilismo mundial. A informação é da revista inglesa 'Autosport'
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Heinkeken fecha acordo de cinco anos com a F1 (Foto: Getty Images)
A F1 terá uma grande nova patrocinadora nas pistas. A Heineken assinou um contrato de cinco anos com a categoria principal do automobilismo mundial, tendo grande participação já a partir do GP do Canadá, no mês de junho. A informação é da revista inglesa 'Autosport'. 
 
O acordo firmado entre ambas as partes gira em torno dos US$150 milhões, aproximadamente R$ 520 mi, e não tomará o espaço de outras grandes marcas já vistas nos traçados, como a Pirelli ou a Rolex.
Heinkeken fecha acordo de cinco anos com a F1 (Foto: Getty Images)
A Heineken já está bastante envolvida no mundo do esporte. Além do interesse na principal categoria do automobilismo mundial, a a cervejaria holandesa já marca presença também na Liga dos Campeões, torneio de futebol europeu, e na Copa do Mundo de Rúgbi.
 
O acerto com a empresa ainda prevê uma parceria com alguma equipe do atual grid da F1. Alguns times foram contatados com o Pedido de Proposta da marca e, assim, aquele que fizer a melhor oferta ficará com o acordo.
 
Uma fonte não identificada da publicação britânica e próxima a negociação afirmou: “Isso são grandes notícias para a F1. É uma marca de alto perfil comprometendo dinheiro e credibilidade, e isso só pode ser ótimo para o esporte”.
O QUE ESTÁ POR TRÁS DO RECENTE NOTICIÁRIO SOBRE SCHUMACHER