F1

Hülkenberg ressalta Red Bull mais rápida que Renault, mas descarta preocupação: “Isso não me incomoda”

Nico Hülkenberg já aceitou o fato de que a Red Bull apresentou melhores resultados do que a Renault nos primeiros testes pré-temporada. Entretanto, apesar de apontar maior velocidade dos adversários, não mostrou preocupação com o fato

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Nico Hülkenberg mostrou ter plena consciência de que a Renault ainda deixa a desejar se comparada com a Red Bull. O alemão afirmou que o time das bebidas energéticas está mais rápido, mas descartou preocupação sobre isso.
 
A empolgação dentro da esquadra de Milton Keynes está nas alturas. Deixando os motores da fábrica francesa para trás e assumindo os propulsores da Honda em 2019, já ressaltaram o bom trabalho e relacionamento com a fornecedora japonesa até o momento.
 
Após a primeira sessão de testes pré-temporada em Barcelona, em que fez o melhor tempo da semana, Hülkenberg fez suas avaliações preliminares. “Sabemos que a Red Bull é mais rápida do que nós, mas gostaríamos de saber o motivo. Honestamente, isso não me incomoda”, falou.
Nico Hülkenberg (Foto: Renault)
“Antes de tudo, devemos terminar nosso programa e otimizar nosso carro. Acredito que tudo vai estar mais equilibrado no pelotão intermediário. Não nos contentaremos com a quarta colocação”, seguiu.
 
Apesar disso, Nico ressaltou o bom nascimento do R.S.19, exaltando o primeiro contato com o carro de 2019. “Sinto-me bem com o carro. Pudemos melhorar a carga aerodinâmica que havíamos perdido com o novo regulamento”, apontou.
 
“O carro parece com o do ano passado. É como se alguém tivesse apertado o botão de copiar e colar”, encerrou o piloto.