Button aposta em Schumacher no duelo com Mazepin na Haas: “Vai brilhar”

Jenson Button não parece ser o maior fã de Nikita Mazepin e, assim, ao ser questionado sobre o futuro da dupla da Haas, elogiou apenas Mick Schumacher

Jenson Button é daqueles pilotos com passagem pela Fórmula 1 que gostam de palpitar sobre a categoria sempre que possível. Desta vez, ele opinou sobre uma dupla que promete ser centro das atenções durante a temporada 2021, mesmo que andando no fundo do grid: Mick Schumacher e Nikita Mazepin, da Haas.

Para Button, a aposta é de que um deles vai se destacar mais, mesmo que a análise seja feita mais sobre a pessoa do que sobra a capacidade de pilotagem. E, assim, Schumacher tem vantagem sobre Mazepin para o britânico.

NIKITA MAZEPIN; FÓRMULA 2;
Nikita Mazepin correu na Fórmula 2 em 2020 e estreia na F1 em 2021 (Foto: ART Grand Prix)

“É ótimo que ele esteja na Fórmula 1, ele parece ser um garoto muito bacana”, afirmou Button sobre Schumacher. “Além disso, parece ser muito trabalhador, então estou ansioso para ver como ele se sai”, seguiu.

“Ele tem um companheiro de equipe interessante, cheio de mídia negativa, mas Mick é o completo oposto a esse cara, acredito, então acho que ele vai brilhar”, completou, em entrevista ao site ‘PlanetF1’.

Button, é claro, não precisou citar o nome de Mazepin, nem lembrar especificamente o caso de abuso cometido pelo russo, para que o público soubesse que é esta a preocupação para com a presença do piloto no grid.

Já sobre Schumacher, as questões mais analisadas sobre o piloto de 21 anos costumam ser sobre a comparação com o pai, Michael, sete vezes campeão do mundo. Para alguns, como Max Verstappen, a comparação é difícil. Para Button, por enquanto, o ponto é apenas emocional: “Deve ter sido tocante quando soube da vaga na Haas. Acredito que teria sido muito bom poder falar com o pai sobre”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube