Leclerc desabafa contra Ferrari após abandono na Espanha: “Não somos fortes”

Após bons resultados em Silverstone, a etapa em Barcelona acabou mais cedo para Charles Leclerc, ainda na volta 38, graças a um problema elétrico. Isso fez o piloto da Ferrari soltar o verbo contra a Ferrari

O GP da Espanha de Charles Leclerc terminou muito antes da bandeirada. O piloto da Ferrari teve problemas elétricos no carro e abandonou na volta 38.

Após dois bons resultados em Silverstone, quando chegou a subir no pódio, o monegasco decidiu soltar o verbo contra a Ferrari após o decepcionante resultado em Barcelona.

“O que aconteceu? Meu carro ficou completamente apagado. Não apenas o motor, mas todas as luzes do carro. Os pneus traseiros ficaram bloqueados e rodei, então soltei o cinto e consegui retornar, mas já era o 20º colocado”, disse Leclerc.

O monegasco abandonou a corrida espanhola na volta 38 (Foto: Ferrari)

“Essa é mais ou menos a imagem dos últimos finais de semana porque não somos fortes. Não sei se é motor ou aerodinâmica, mas nosso pacote completo não é forte, temos de trabalhar”, completou.

No Twitter, após a corrida, Leclerc fez questão de lamentar o abandono e dizer que o top-5 era possível no GP da Espanha. Sebastian Vettel, outro piloto da Ferrari, terminou a prova em sétimo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube