Leclerc fica surpreso com 6° lugar no GP da Rússia: “O melhor que podia fazer”

Após se classificar em 11°, largar em 10° e ainda conseguir chegar em sexto, Charles Leclerc comemorou o resultado e os oito pontos conquistados em Sóchi

A fase da Ferrari é tão ruim que, quando algo bom acontece (ao menos dentro dos padrões atuais da equipe), até custa acreditar: por isso, neste domingo (27), Charles Leclerc ficou surpreso com a sexta colocação que conquistou no GP da Rússia.

O ferrarista se classificou em 11°, ganhou uma posição no grid após punição a Alexander Albon, e ainda avançou mais quatro postos na pista para somar oito pontos e ir a 57 no Mundial – sétimo colocado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Charles Leclerc em Sóchi (Foto: AFP)

“Sendo honesto, foi uma surpresa. Na sexta-feira eu fiz um trabalho ruim com o carro, especialmente com a simulação de corrida e com a gestão dos pneus. Então não esperava esse salto hoje”, comentou.

“É uma surpresa muito boa. Sexto é, definitivamente, o melhor que podia fazer hoje. Estou muito feliz pois a gente vinha de finais de semana muito ruins. Mentalmente foi bastante difícil”, seguiu.

“Então, finalmente ter uma corrida com sinais positivos no carro e comigo mesmo… Acho que pilotei bem, hoje. Estou feliz. Aproveitamos as oportunidades que tivemos e temos de fazer o mesmo até o fim da temporada – uma que não tem sido boa, mas achei que ia ser pior. Vamos tentar tirar o máximo das próximas corridas”, concluiu Leclerc, que da Rússia parte para a Alemanha.

A próxima etapa da temporada 2020, o GP de Eifel, em Nürburgring, vai ser realizado em 11 de outubro, dentro de exatas duas semanas. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube