Hamilton aponta fraqueza nas retas e Red Bull “difícil de ser batida” no GP da Estíria

Lewis Hamilton apontou que a Red Bull leva vantagem na velocidade de reta em Spielberg. Heptacampeão vê equipe "difícil de ser batida" no fim de semana

Valtteri Bottas rodou dentro do pit-lane durante o segundo treino livre do GP da Estíria da F1 (Foto: F1/Reprodução)

Lewis Hamilton iniciou o fim de semana do GP da Estíria em desvantagem. Na sexta-feira (25) de treinos livres, o inglês da Mercedes foi o quarto mais rápido, não apenas atrás de Max Verstappen, líder do Mundial, mas perdendo também para Daniel Ricciardo e Esteban Ocon.

Em entrevista após o segundo treino livre, Hamilton reiterou que a Mercedes tem perdido para a Red Bull na velocidade de reta. O heptacampeão mundial revelou que já esperava alguma desvantagem antes de chegar ao circuito de Spielberg.

“Foi OK. Um trabalho em andamento. A pista é incrível e estamos perdendo um pouco na volta rápida. Mas, no geral, o carro pareceu sólido. Temos algumas fraquezas, e como disse antes do fim de semana, de forma considerável nas retas, então precisamos seguir trabalhando para tentar retificar isso”, comentou o campeão.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Lewis Hamilton citou falta de velocidade de reta (Foto: Joe Klamar)

“Então, precisamos seguir trabalhando. O sentimento não é ruim. O pelotão inteiro foi apertado. Acho que as Red Bulls definitivamente serão difíceis de bater. Acho que eles têm a vantagem, talvez mais. Não sei o que vão fazer quando ligar aquele motor, realmente não sei o que dizer. porque não tive muitos problemas grandes hoje. Estou feliz com a posição que colocamos o carro”, seguiu.

Hamilton também reiterou que a vantagem da Red Bull não parece ser tão grande. A melhor volta do piloto inglês no segundo treino livre acabou deletada por conta dos limites de pista.

“Farei de tudo que posso para encontrar os passos certos e tirar o máximo do carro. Não acho que seja uma diferença de 0s4, já que uma das minhas voltas foi deletada. Então, está mais próximo. Eles têm bom ritmo de corrida e estão dando bons socos. Só precisamos manter a guarda alta”, concluiu.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado no Red Bull Ring. O treino livre 3 está marcado para 7h (de Brasília, GMT-3), enquanto a classificação acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Cortes do GRANDE PRÊMIO: VITÓRIA DA RED BULL PRESSIONA MERCEDES A VENCER AS DUAS NA ÁUSTRIA, DIZ GABRIEL CURTY
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar