Hamilton vê carro “sem traseira” e já cogita largar dos boxes na Arábia Saudita

O inglês da Mercedes lamentou o desempenho ruim do W13 em Jedá, não acredita em uma recuperação neste fim de semana e pode largar dos boxes no domingo.

Lewis Hamilton tentou encontrar respostas para o desempenho ruim obtido na classificação deste sábado (26) em Jedá, marcada pelo grave acidente de Mick Schumacher e pela surpreendente pole de Sergio Pérez nos instantes finais do Q3.

A 16ª posição e, consequentemente, a eliminação no Q1 do heptacampeão mundial de Fórmula 1 não acontecia desde 2009, quando no GP da Inglaterra daquele ano, largou em 19º colocado.

Em entrevista após a eliminação, o inglês apontou o óbvio: há algo de errado na configuração de seu W13. “Não estamos onde queremos estar, lutei muito para ter um carro equilibrado, mas não tinha traseira, estava tão solta”, afirmou, sem esconder a decepção.

Perguntado sobre o acerto de George Russell, Lewis não acredita que tenha feito algo tão diferente do companheiro. “Não sei o que ele (Russell) pode ter feito em termos de ajuste, mas nunca foi tão ruim assim”, completou.

Lewis Hamilton ficou em 16º e foi eliminado no Q1 em Jedá (Foto: Mercedes)

Diante de todo este cenário, Hamilton não acredita em uma grande performance da Mercedes no domingo. E mais: cogita largar dos boxes em Jedá. “Não deverá ser tão boa, talvez comece do pit-lane para ter certeza que o carro não está como deveria”.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ao fim da entrevista, lamentou a 16ª colocação no grid. “Peço desculpas à minha equipe e a todos que trabalharam tanto. Quando você não entrega o resultado esperado por eles, é devastador”, disse ele.

A corrida está marcada para as 14h (de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Arábia Saudita AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Mick Schumacher sofreu um violento acidente durante o Q2 (Vídeo: F1)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar