Hamilton fala em “dia bom” na Bélgica, mas revela dilema com acerto e equilíbrio do W12

Depois de ficar apenas em 18º no TL1, Lewis Hamilton conseguiu alcançar o top-3 na segunda sessão. O heptacampeão ressaltou a dificuldade em encontrar o equilíbrio com o W12

Confira um resumo do que aconteceu na sexta-feira do GP da Bélgica (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

Depois de ficar apenas na 18ª posição no TL1 ao ser fechado por Nicholas Latifi na curva Bus Stop e não completar sua volta mais rápida, Lewis Hamilton conseguiu um desempenho melhor na segunda sessão desta sexta-feira (27) de treinos livres do GP da Bélgica. O heptacampeão conseguiu ficar mais próximo do líder do TL2, Max Verstappen, a apenas 0s072, na terceira colocação.

Ainda assim, Hamilton expôs a dificuldade em encontrar equilíbrio no já velho conhecido — mas sempre desafiador — circuito de Spa-Francorchamps.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“É um circuito extremamente desafiador e estamos tentando encontrar equilíbrio. Esta manhã fomos por um caminho [com o acerto], mudamos para o TL2 e aconteceu a mesma coisa. Fui mais rápido em um setor e mais lento no meio. Por isso, tentar encontrar o equilíbrio é complicado”, disse Lewis em entrevista veiculada pela emissora britânica Sky Sports.

“Mas foi um dia bom. As sessões são muito curtas, então não conseguimos entender muita coisa com o pouco tempo que temos. Pelo menos, a pista estava seca no TL2”, acrescentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

LEWIS HAMILTON; NICHOLAS LATIFI; TREINO LIVRE 1; GP DA BÉLGICA; SPA-FRANCORCHAMPS;
Lewis Hamilton foi fechado por Nicholas Latifi em sua volta rápida (Foto: Reprodução/DAZN España)

Pensando nos pontos de alta velocidade da pista belga, a Mercedes apostou em um acerto com mais asa no W12 do #44, com o objetivo de melhorar o rendimento nas curvas rápidas de Spa, mas não conseguiu ser competitiva nas retas na primeira sessão. E como há grande possibilidade de chuva tanto para a classificação, no sábado, como para a corrida, no domingo, o heptacampeão vê duas alternativas: ou mais downforce para lidar com a pista molhada, ou uma maior dificuldade nas retas com o traçado seco.

“Todo mundo continua nos dizendo coisas diferentes [sobre o clima]. Se chover, precisaremos de mais downforce. Mas, se não chover, seremos um alvo fácil nas retas”, concluiu Hamilton.

A Fórmula 1 retoma os trabalhos de pista neste sábado com o treino livre 3, a partir de 7h (de Brasília), enquanto a classificação está marcada para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista do GP da Bélgica AO VIVO e em TEMPO REALSiga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar