Hamilton faz primeiro teste com novos pneus de 18” da Pirelli durante sessão em Ímola

Lewis Hamilton tem, nesta manhã de terça-feira (20), a primeira chance de guiar um carro com pneus de 18”. A novidade vai ser introduzida na temporada 2022 do Mundial de Fórmula 1 e vem sendo testada pela Pirelli em conjunto com as equipes ao longo deste ano

Assista aos melhores momentos do GP da Emília-Romanha de F1 (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Menos de 48 horas depois de ter cruzado a linha de chegada em segundo lugar, Lewis Hamilton voltou a acelerar na manhã desta terça-feira (20) em Ímola. O heptacampeão mundial testa, pela primeira vez, os novos pneus de 18” que a Pirelli desenvolve para estrear na temporada 2022 da Fórmula 1. A Mercedes, em cronograma traçado meses atrás pela fornecedora sediada em Milão, realiza os testes entre terça e quarta-feira.

Os novos pneus seriam introduzidos no Mundial neste ano, assim como a nova geração de carros, em processo de revolução da F1. No entanto, todas as mudanças foram adiadas de 2021 para 2022 em razão dos efeitos da pandemia e da necessidade de cortar custos por conta dos prejuízos registrados no ano passado por conta de um calendário mais enxuto e com corridas sem público.

LEWIS HAMILTON; PIRELLI; 18"; ÍMOLA; MERCEDES; TESTES; PNEUS 18";
Lewis Hamilton testa pela primeira vez os pneus de 18″ da Pirelli nesta terça-feira (Foto: Pirelli)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi o GP da Emília-Romanha de Fórmula 1

No ano passado, Hamilton revelou certa preocupação com os novos pneus desenvolvidos pela Pirelli.

“Quando vamos para o aro maior, ouvi dizer que perdemos aderência. Acho que o que realmente precisamos na Fórmula 1 é um pouco menos de downforce e mais aderência mecânica, e muito disso vem dos pneus para que possamos seguir [os outros carros] mais de perto. Mas não parece que estamos nesta direção”, disse.

LEWIS HAMILTON; PIRELLI; PNEUS; PNEUS 18"; ÍMOLA; PIRELLI;
Lewis Hamilton completou 55 voltas pela manhã em Ímola (Foto: Pirelli)

Hamilton vai acelerar ao longo de todo o dia para conhecer melhor o desempenho dos novos pneus. No período da manhã, o britânico completou um total de 55 voltas antes da pausa para o almoço e retoma os trabalhos de pista à tarde. Na quarta-feira, o piloto da Mercedes vai dar lugar a Valtteri Bottas, que também vai guiar o carro calçado com pneus slicks.

Da mesma forma, os compostos para pista seca vão ser testados por Alpine, no primeiro dia, Red Bull e Alfa Romeo, nos dois dias, entre 11 e 12 de maio em Barcelona, pouco depois do GP da Espanha.

LEWIS HAMILTON; PIRELLI; 18"; ÍMOLA; MERCEDES; TESTES; PNEUS 18";
Lewis Hamilton voltou a acelerar em Ímola nesta terça-feira (Foto: Pirelli)

A Mercedes volta a avaliar os protótipos de 18” da Pirelli entre 25 e 26 de maio, em Paul Ricard, na França, mas com a avaliação dos compostos em pista molhada.

Em julho, pouco depois do GP da Áustria, a AlphaTauri vai testar pela primeira vez os pneus de 18” da Pirelli em 2021, nos dias 6 e 7 de julho. Também no sétimo mês, a Red Bull testa no dia 20, enquanto Aston Martin e Haas vão ter dois dias de pista, entre 20 e 21, em Silverstone, com pneus slicks.

Na Hungria, antes da pausa para as férias de verão, Mercedes e McLaren vão testar os pneus slicks de 18” da Pirelli em 3 de agosto, enquanto McLaren, novamente na pista, e a Ferrari, fecham os trabalhos em Hungaroring no dia 4.

O cronograma de testes da Pirelli com os protótipos para 2022 se encerram entre 15 e 16 com a Alpine, que vai testar os compostos para pista molhada em Magny-Cours entre 15 e 16 de setembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar