Hamilton supera Verstappen e vai para férias como líder da temporada. Confira classificação

Esteban Ocon conquistou uma vitória incrível na Fórmula 1, mas é possível dizer que Lewis Hamilton e a Mercedes foram os grandes vencedores do fim de semana na Hungria do ponto de vista do campeonato. Os heptacampeões voltaram à liderança do Mundial depois da caótica jornada deste domingo

LOUCURA NA F1! OCON VENCE E ALONSO QUASE PARA HAMILTON! TUDO SOBRE O GP DA HUNGRIA | Briefing

O inacreditável e histórico GP da Hungria mudou novamente o curso da temporada 2021 da Fórmula 1 quanto à luta pelo título. Esteban Ocon alcançou um triunfo apoteótico e memorável neste domingo (1) em Hungaroring e entrou para o panteão de vencedores na Fórmula 1, mas é possível dizer também que Lewis Hamilton e a Mercedes também foram vitoriosos em termos de campeonato diante de Max Verstappen e de uma Red Bull que viveram jornada desastrosa no circuito magiar.

Verstappen e Red Bull assumiram a liderança do Mundial de Pilotos e de Construtores, respectivamente, depois do GP de Mônaco, em maio. Desde então, foram cinco corridas no topo. A sorte dos taurinos começou a mudar com o GP da Inglaterra de duas semanas atrás e virou de vez neste domingo no caos de Hungaroring.

A classificação do Mundial de Pilotos e Construtores após o GP da Hungria

Lewis Hamilton assumiu a liderança do Mundial de Pilotos na Hungria (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Com um segundo lugar após a desclassificação de Sebastian Vettel, Hamilton soma agora 195 pontos, contra 187 tentos de Verstappen, que teve pela frente uma corrida muito difícil, comprometida pelo erro de Valtteri Bottas na primeira curva da prova, e terminou apenas em nono. O heptacampeão vai para as férias de verão com 8 pontos de vantagem na liderança do campeonato.

Lando Norris, Bottas, Pérez e Leclerc abandonaram depois dos incidentes na primeira curva na Hungria e, obviamente, seguem com suas respectivas pontuações. Norris, que teve interrompida uma sequência no top-10 desde o início da temporada, continua com 113 pontos, contra 108 de Bottas, 104 de ‘Checo’ e 80 de Leclerc. Carlos Sainz, quarto colocado neste domingo, estava empatado com Leclerc, mas, com a punição sofrida por Sebastian Vettel, agora tem 83 tentos, enquanto Daniel Ricciardo, zerado na Hungria, está com 50 pontos.

Pierre Gasly, que herdou o quinto lugar com a punição imposta a Vettel, também soma 50 pontos. Aí então é que aparece o grande vencedor do domingo, Esteban Ocon. A primeira vitória da carreira rendeu 25 pontos ao francês, que agora tem 39 no campeonato. E Fernando Alonso, eleito pelos fãs como o Piloto do Dia do GP da Hungria e quarto colocado na prova, tem agora 38 tentos.

VEJA TAMBÉM
+Confusão já na largada: como foi o salseiro no início do GP da Hungria de F1

Yuki Tsunoda, sexto na Hungria, aparece com 18 pontos e está em 13º na classificação do Mundial de Pilotos. E pela primeira vez na carreira, Nicholas Latifi surge na tabela do campeonato com pontos. O canadense, sétimo colocado neste domingo, soma 6 pontos, contra 4 do seu companheiro de equipe na Williams, George Russell, que pontuou pela primeira vez com a Williams. Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, seguem com 1 ponto cada, e somente os pilotos da Haas, Mick Schumacher e Nikita Mazepin, permanecem zerados.

Hamilton largou sozinho no GP da Hungria enquanto os demais foram aos boxes (Vídeo: F1)

Mercedes toma ponta da Red Bull nos Construtores

O jogo também virou no Mundial de Construtores com o GP da Hungria. A Mercedes tem agora 303 pontos depois de 11 GPs disputados na temporada, contra 291 da rival Red Bull, que marcou apenas 1 tento com o décimo lugar de Verstappen.

A McLaren, na sua única corrida até agora sem pontos na temporada, perdeu o terceiro lugar no Mundial para a Ferrari em razão do terceiro lugar de Sainz na Hungria. A grande pontuadora do fim de semana foi a Alpine, que marcou 37 pontos neste domingo e está em quinto no campeonato, com 77 tentos.

A Aston Martin, iria aos 66 pontos com o pódio de Vettel, mas com a punição estacionou nos 48, enquanto a AlphaTauri pulou para 68. A Williams, que não pontuava desde o décimo lugar de Robert Kubica no GP da Alemanha de 2019. A equipe de Grove tem agora 10 pontos e deixou de vez para trás a Alfa Romeo, com 2 tentos, e a Haas, única zerada no grid.

Vale ressaltar, contudo, que a pontuação pode voltar a sofrer alterações se a Aston Martin vencer o recurso impetrado para obter de volta os pontos e o segundo lugar obtidos na pista por Vettel na Hungria.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar