F1

Líder do dia em Barcelona, Sainz diz que McLaren “está a anos” de começar a lutar por vitórias

Lando Norris liderou na terça-feira (26), Carlos Sainz nesta quarta: a McLaren anotou por dois dias seguidos o melhor tempo dos testes de pré-temporada da F1, mas seus pilotos são realistas - sabem que isso não significa vitórias
Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, de São Paulo
Na última terça-feira (26), Lando Norris colocou a McLaren na liderança da primeira sessão de testes da segunda semana da pré-temporada da F1 em Barcelona. O que parecia um acaso se repetiu nesta quarta, porém: desta vez com Carlos Sainz, a equipe laranja se manteve dona do melhor tempo do dia.

Mas o espanhol, o líder do dia, é realista: ele sabe que isso não significa que a McLaren andará no topo do grid durante a temporada. Foi o que ele disse após sair do carro com 1min17s144, a melhor marca dos testes na Catalunha até o momento.

"Não vamos vencer o GP da Austrália (abertura da temporada 2019), nem estaremos no top-5, nem faremos a pole. Estamos a anos de chegar nisso", disse Sainz.
Carlos Sainz (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Para ele, tal como Norris já havia dito, o importante é que o MCL34 tem apresentado evolução constante: "Estamos melhorando nosso carro a cada dia, e isso ano passado não acontecia."

"A equipe trabalha bem. A direção de nossa evolução está correta. Lando está bem também", concluiu Sainz, que estreia pela McLaren neste ano.

Para ele, também é difícil saber como estão as adversárias de meio de grid: "Estamos felizes por agora, mas não sabemos onde os outros estão. O mais importante é que hoje dei 130 voltas, pouco a pouco progredimos e tentamos não cometer erros."

"Não queremos nos apressar e errar. Eu me sinto bem, mas não sabemos como estão todos no meio do grid", finalizou o espanhol.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio,  Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.