Magnussen segue Grosjean e também confirma que deixa Haas ao fim de 2020

Kevin Magnussen também se antecipou ao anúncio da Haas e, assim como Romain Grosjean, confirmou que não renova para 2021. O danês encerra passagem de quatro anos pela equipe

Menos de uma hora após a queda da primeira peça de dominó, cai a outra. Kevin Magnussen seguiu os passos de Romain Grosjean e anunciou na manhã desta quinta-feira (22) que também deixa a Haas ao fim de 2020, sem renovar contrato para 2021.

Magnussen chegou a aparentar estar em posição melhor que a de Grosjean no sentido de permanecer para 2021, mas relatos mais recentes na imprensa europeia mostraram outros sinais. A Haas optou por trocar os dois numa tacada só, encerrando um ciclo na Fórmula 1.

“A temporada 2020 da Fórmula 1 será a minha última com a Haas”, escreveu Magnussen. “Tive ótimos momentos com o time por quatro anos e vejo uma grande jornada quando olho para trás. Fazer parte de uma equipe nova foi um desafio que curti bastante e que me trouxe uma experiência enorme que me ajudou a crescer e me desenvolver como piloto”, seguiu.

Kevin Magnussen se despede da Haas ao fim de 2020 (Foto: Haas)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

“Gostaria de agradecer Gene, Guenther e todos os integrantes da equipe de corrida pela lealdade e confiança que depositaram em mim nos últimos quatro anos”, falou. “Ainda restam seis corridas nesta temporada, e estou determinado a dar tudo de mim para terminar em alta. Obrigado pelo apoio”, completou.

Magnussen esteve na Haas por quatro anos. O dinamarquês chegou em 2017 e conseguiu bons resultados, mas sofrendo com a falta de regularidade. A temporada 2018 foi de longe a melhor, incluindo dois quintos lugares e um belo nono lugar no Mundial de Pilotos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube