Magny Cours vai anunciar que deseja ser sede do GP da França em setembro, afirma jornal

Ainda sem saber se o GP da França volta ao calendário na próxima temporada, os organizadores da pista de Magny Cours já se mexem para garantir que a pista seja a casa da F1 em 2013. O anúncio oficial, segundo o ‘Le Figaro’, será feito no início de setembro

Segundo conta o jornal francês ‘Le Figaro’, Magny Cours ainda está no páreo para ser a sede da volta do GP da França ao calendário da F1 após cinco temporadas fora da categoria. De acordo com o diário, os administradores do circuito vão apresentar uma proposta formal aos organizadores da prova para ser a casa da etapa. O jornal francês conversou com alguns funcionários ligados ao circuito de Magny Cours e eles afirmaram que os dirigentes planejam divulgar a candidatura oficial para receber a F1 no dia 4 de setembro. 

A volta do GP da França à F1 está em dúvida desde o início do ano. Tudo estava certo entre Nicolas Sarkozy, então presidente, os organizadores de Paul Ricard e Bernie Ecclestone, mas as eleições acabaram adiando a assinatura oficial do contrato, o que era desejo dos envolvidos.

Magny Cours espera ser a sede do GP da França em 2013 (Foto: Magny Cours/Facebook)

Mas o panorama mudou mesmo quando François Hollande venceu as eleições e impediu a manutenção de Sarkozy no cargo. Sem tempo para analisar a questão da F1, o presidente eleito, menos de um mês depois, participou da cúpula do G8 e deixou o "problema" nas mãos de Valerie Fourneyron, a nova ministra dos esportes. E ela garantiu que não há acordo formal para a volta da categoria ao país.

A FFSA (Federação Francesa do Esporte a Motor) prefere Paul Ricard, já que tudo está certo com Ecclestone, inclusive a questão do valor pago anualmente. Mas não descarta a possibilidade de Magny Cours ser a sede do GP de F1, mesmo sabendo que esse valor terá que ser renegociado com os principais envolvidos no assunto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube