Mais graça fora do que dentro da pista: como foi o péssimo GP de Abu Dhabi

O GP de Abu Dhabi rendeu bem mais fora da pista do que dentro dela, com pouquíssimo entretenimento gerado pelos pilotos

O GP de Abu Dhabi foi exatamente o que esperávamos: uma péssima corrida. Abaixo, meus destaques do evento:

Erro 404: não há conteúdo.

Em relação a momentos antes e depois da corrida, tivemos belas despedidas de Kevin Magnussen, pela gananciosa Haas; de Carlos Sainz, na ascendente McLaren; de Sergio Pérez, na decepcionada Racing Point; de Daniel Ricciardo, na mediana Renault; de Sebastian Vettel, na confusa Ferrari.

Sebastian Vettel e Charles Leclerc trocaram capacetes em Abu Dhabi (Foto: Ferrari)

Vettel, aliás, deixou uma bela mensagem no capacete que deu de presente para Charles Leclerc, dizendo que Charles é o piloto mais talentoso com quem correu na Fórmula 1. Sinto que Ricciardo teve um desempenho mais impressionante que Leclerc quando correu contra Vettel, mas não nego que o monegasco seja um dos maiores talentos na F1 atual.

Com a temporada concluída no GP de Abu Dhabi, agora é hora de nos abraçarmos virtualmente em busca de conforto para os próximos longos meses sem corrida. Espero que ao menos tenhamos boas notícias, como Pérez na Red Bull e Nikita Mazepin a pé.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube