Mais solitário durante pandemia, Hamilton define luta por título como “teste mental”

Lewis Hamilton se vê em uma jornada mais solitária do que de costume para ser campeão da F1. O britânico, que leva a proteção contra o coronavírus a sério, lamenta não visitar família

Lewis Hamilton lidera o Mundial de Pilotos com alguma tranquilidade e parece destinado a conseguir o sétimo título da Fórmula 1 em 2020, provavelmente superando o recorde absoluto de vitórias no processo. Parece tudo ótimo, mas a realidade é um pouco mais dura: encarando restrições ligadas à pandemia do coronavírus, Lewis admite que a temporada virou um grande teste para a força mental.

“É um desafio, certamente”, disse Hamilton em entrevista coletiva da F1. “Claro, todo mundo está na mesma. A jornada de um piloto para ganhar um título é muitas vezes uma jornada solitária. Isso fica ainda mais claro esse ano, tendo que limitar as pessoas na sua bolha e tendo que viajar. O que eu fazia no passado era viajar, assim como outras coisas que eu achava positivas. Só que ficar ao redor de amigos para achar o equilíbrio perfeito é algo muito, muito mais difícil de implementar esse ano”, lamentou.

F1; FÓRMULA 1; LEWIS HAMILTON; GP DA ESPANHA; BARCELONA;
Lewis Hamilton lidera o Mundial de Pilotos, mas não vive um ano fácil (Foto: Mercedes)

Hamilton leva o sistema de bolhas da F1 à sério e evita exposição desnecessária a riscos, algo que já gerou controvérsia com Charles Leclerc, Valtteri Bottas e Sergio Pérez. No caso do mexicano, uma visita à família rendeu infecção e a perda de dois GPs em Silverstone. Lewis, por sua vez, não dá brecha para prejudicar a luta pelo título, o que resulta em sacrifícios.

“É um desafio de verdade, um verdadeiro teste mental para mim. Não sei vocês, talvez vocês estejam visitando suas famílias, mas eu não estou. Como se pode ver, eu estou mais focado do que nunca. É uma maratona, não uma prova de tiro curto. Eu fico simplesmente focado. Eu sei que vou poder curtir um pouco mais no fim do ano, quando não terei nenhum risco em particular, e aí espero ficar com minha família”, destacou.

Hamilton soma 132 pontos, escapando das garras do vice-líder Max Verstappen, com 95. O britânico tem a chance de dar um novo passo rumo ao hepta no GP da Bélgica desta semana.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar