Massa diz que segue à espera de notícias, descarta vaga no fundo do grid e admite olhar para “oportunidades diferentes”

Felipe Massa afirmou que não está preocupado com seu futuro na F1, mas que segue negociando para permanecer no Mundial em 2017. O brasileiro espera em breve dar notícias sobre aonde vai competir no próximo ano

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Felipe Massa voltou das férias da F1 ainda sem saber o que será de seu futuro. Porém, confirmou que "as coisas estão acontecendo" e disse que espera ter uma resposta em breve sobre o que será de sua vida em 2017. O contrato do piloto com a Williams acaba no fim da temporada e ainda não há nenhuma indicação do que a equipe vai fazer – entende-se que a esquadra de Grove conversa com Felipe, mas tem outros nomes na lista, como o do mexicano Sergio Pérez, que tem a favor um enorme suporte financeiro por trás.

 
Questionado sobre o futuro durante uma conversa com os jornalistas em Spa-Francorchamps, Massa apenas e tão-somente disse: "Não sei".
 
"Com certeza, as coisas estão acontecendo e talvez tenhamos algumas notícias, espero que não muito tarde, espero que logo. Vamos ver o que acontece. Não estou dizendo nada aqui. Apenas estou falando que as coisas estão acontecendo e espero que, em pouco tempo, a gente tenha alguma notícia", afirmou o brasileiro.
Massa concede entrevista à imprensa internacional nesta quinta-feira (Foto: Beto Issa)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Com relação às possibilidades na Williams, Massa admitiu que também vê alternativas. "Você sempre está procurando por diferentes oportunidades. Você está aqui para correr e, se você tem essa oportunidade em um nível alto, talvez tenha de considerar", falou. "Não estou planejando em ficar no fundo do grid, com certeza, e isso em nenhum campeonato. Não quero andar no fundo do grid", completou Massa.

 
O piloto de 35 anos reconheceu ainda que não é fácil competir pelas vagas com pilotos que possuem grande apoio financeiro, como Pérez. E reiterou que não tem como levar dinheiro para uma eventual nova equipe. "Eu vou continuar fazendo aquilo que veio fazendo a minha carreira toda. Nada vai mudar. Penso que já consegui provar o que posso fazer, e isso é a coisa mais importante. Não tenho dinheiro para trazer para uma equipe e não terei no próximo ano."
 
"Nada realmente mudou na minha carreira e eu não estou preocupado, para ser honesto", concluiu.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todos os detalhes do GP da Bélgica em TEMPO REAL a partir das 5h (de Brasília) desta sexta-feira, com o primeiro treino livre. A corrida no domingo acontece às 9h.

PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube