Massa hesita em resposta, mas diz que merece ficar na Ferrari "porque sou bom piloto"

Durante uma entrevista coletiva em Spa-Francorchamps, Felipe Massa afirmou que ainda não definiu seu futuro na Ferrari e admitiu que próximas corridas serão importantes. Questionado por qual motivo deveria seguir em Maranello, brasileiro respondeu que é um bom piloto e que é capaz de fazer mais

► Quer concorrer a 2 prêmios da Mercedes? Participe já da promoção

Felipe Massa não exibiu uma boa atuação nas primeiras provas da temporada de 2012 da F1 e viu sua permanência na Ferrari ser colocada em risco. Antes das férias, o piloto mostrou sinais de reação, mas aparece na 14º colocação do Mundial com 25 pontos, 139 a menos que seu companheiro, Fernando Alonso, que lidera a classificação.

De volta às pistas após um período de descanso, Massa afirmou que usou as férias para se preparar para uma segunda metade de temporada “totalmente diferente”.

Massa acredita que tem chances de continuar na Ferrari (Foto: Ferrari)


“Fui para casa nas férias, para ficar com a família, já que também passamos tão pouco tempo em casa”, começou. “O objetivo para a segunda metade do ano é realmente ter uma segunda parte totalmente diferente da primeira. Que não foi aquilo que esperávamos”, reconheceu.

Durante uma entrevista em Spa-Francorchamps, não faltaram perguntas sobre seu futuro em Maranello. Felipe voltou a afirmar que sua meta é seguir com o time vermelho, mas explicou que nada foi definido ainda e que os resultados pesarão na decisão.

“O plano é ficar aqui, mas ainda não temos nada decidido”, contou. “O que temos de fazer é nos concentrar nas corridas, porque no fim das contas são esses os resultados que interessam.”

“Neste momento, é muito importante ter uma melhor segunda metade de temporada, especialmente porque estamos perto do fim do contrato”, destacou.

Questionado sobre por qual motivo deveria seguir com a fábrica italiana, Massa hesitou e respondeu: “Porque eu acredito que sou um bom piloto. Eu sou capaz, como já mostrei, de lutar e ter um desempenho competitivo”, defendeu. “Eu posso fazer mais do que já fiz.”

“Acho que tenho uma chance grande de ficar na Ferrari em 2013”, avaliou. “A chave é se concentrar nos resultados. Nós temos um carro bom nas mãos e confio no que posso fazer. Mas precisamos nos concentrar nos resultados. Eu confio muito naquilo que sou capaz de fazer”, concluiu.

O Grande Prêmio cobre 'in loco' neste fim de semana a 12ª etapa do Mundial de F1, o GP da Bélgica, direto de Spa-Francorchamps, com Evelyn Guimarães.

Leia também:

► Massa diz que vitória “significaria muito” na permanência na Ferrari: “O momento é importante”

► Massa crê que Schumacher não deveria ter voltado à F1: "Ele tinha mais a perder do que ganhar"

 A análise completa da temporada 2012 da F1 e a previsão de Flavio Gomes para o restante do Mundial na REVISTA WARM UP. Clique aqui

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube