Verstappen espera mudanças na Red Bull no Bahrein: “Vai ser completamente diferente”

Mesmo com avaliação positiva e equilibrada durante os testes da F1 em Barcelona, Max Verstappen afirmou que o RB18 terá atualizações para a preparação no Sakhir

O QUE A PRÉ-TEMPORADA DA F1 EM BARCELONA ENSINOU | Paddock GP

Após a conquista do Mundial de Pilotos no ano passado, os olhos do mundo estão ainda mais voltados para Max Verstappen e a Red Bull. Em Barcelona, a primeira impressão durante os testes de pré-temporada da Fórmula 1 foi positiva. O RB18 foi o quarto carro que mais completou voltas, com 358 giros, e o campeão vigente ficou em quinto lugar no ranking de quilometragem nos três dias de preparação. Porém, o holandês afirmou que a busca pelo melhor desenvolvimento permanece e o bólido será completamente diferente no Bahrein.

Logo no primeiro dia, o novo carro da Red Bull concebido com base no revolucionário regulamento da categoria já mostrou um nível elevado de confiabilidade. Verstappen acumulou 147 voltas e, ao lado de Pierre Gasly, que registrou a mesma marca no segundo dia, foi o piloto que mais somou giros em um único dia. “Eu me concentrei em apenas fazer muitas voltas e tentei realmente acertar todos os aspectos do carro”, revelou o novo #1, em entrevista ao site oficial da F1.

Após esse desempenho, o holandês retornou à pista espanhola no terceiro e último dia de testes em Barcelona. Entretanto, devido à sequência de bandeiras vermelhas acionadas por diferentes motivos, a programação foi prejudicada, e Verstappen completou apenas 59 voltas.

Max Verstappen nos testes de pré-temporada em Barcelona (Foto: Eric Calduch/GRANDE PRÊMIO)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Com 206 giros ao todo e o sexto melhor tempo no geral, o piloto de 24 anos afirmou que o novo carro apresentou um bom equilíbrio. “É difícil avaliar. O que foi positivo é que o carro estava funcionando suavemente, fiquei feliz com o equilíbrio”, que prosseguiu.

“Tivemos algumas bandeiras vermelhas, logo não pudemos completar toda a nossa programação. Mas tudo estava funcionando bem, o carro estava bom, seguiu o que fiz no primeiro dia, [que era] o objetivo mais importante para nós”, acrescentou.

Entretanto, assim como o consultor esportivo da Red Bull, Helmut Marko, Verstappen também destacou a estrutura mais pesada do carro, que é 43 kg maior em comparação com os bólidos do ano passado. “No geral, o peso está um pouco alto, mas eu realmente gosto de dirigir o carro. Ele tem um bom equilíbrio e acho que eles também parecem legais, é sempre bom entrar nele”.

Entre os dias 10 e 12 de março, a Red Bull retorna à pista para os testes de pré-temporada no Bahrein. O campeão mundial revelou que o RB18 não será o mesmo da preparação em Barcelona e será ainda mais diferente na primeira prova da temporada, que também será realizada em Sakhir. “Mas no Bahrein será completamente diferente, e indo para a primeira corrida, o carro também será completamente diferente”, afirmou.

Leia também

+Binotto responde Hamilton e nega que Ferrari tenha carro “meses à frente” na F1 em 2022
+FIA condena invasão e determina que pilotos russos corram com bandeira neutra

Verstappen também antecipou que os dois primeiros dias serão voltados para confiabilidade, pois apenas o terceiro e último a velocidade do novo carro será colocada à prova. “Ainda não prestei muita atenção aos tempos de volta. Vamos analisar isso no terceiro treino no Bahrein”, concluiu.

O holandês começa a defender o título mundial no próximo dia 20 de março.

FERRARI JÁ É SENSAÇÃO DA TEMPORADA 2022 DA FÓRMULA 1
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar