Verstappen x Hamilton no Brasil: câmera on-board mostra nova perspectiva de incidente

As imagens da câmera que mostra a parte dianteira do carro de Max Verstappen reforçam que o holandês jogou Lewis Hamilton para fora da pista na Descida do Lago em disputa por liderança no GP de São Paulo

Câmera onboard mostra que Max Verstappen jogou Lewis Hamilton para fora da pista em disputa pela liderança em SP (Vídeo: F1 TV)

Menos de 48 horas depois do incrível GP de São Paulo, a Fórmula 1 fez emergir, nesta manhã de terça-feira (16), imagens da câmera onboard que mostra a parte dianteira do carro de Max Verstappen e trouxe uma nova perspectiva da disputa pela liderança com Lewis Hamilton na volta 48 da corrida do último domingo em Interlagos.

Esta é justamente a imagem da câmera onboard que a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) não conseguiu obter para analisar um eventual dolo de Verstappen em disputa por posição com Hamilton.

Segundo Michael Masi, diretor de provas da FIA para a Fórmula 1, as imagens só seriam analisadas quando fossem disponibilizadas pelos detentores dos direitos de transmissão. “A câmera frontal, a de 360°, todos os ângulos de câmeras que não pegamos ao vivo serão baixadas e vamos analisá-las após a corrida”, disse.

LEIA TAMBÉM
+OPINIÃO GP: Hamilton traduz amor ao Brasil com recital em Interlagos que traz alma à F1
+FIA decidiu sobre incidente de Hamilton e Verstappen sem câmera frontal da Red Bull

As imagens mostram que Verstappen espalhou o carro na curva da Descida do Lago para não dar alternativas a Hamilton, que saiu dos limites de pista, assim como o próprio piloto holandês.  Dez voltas depois, Lewis fez a ultrapassagem definitiva e caminhou para uma vitória épica em Interlagos.

O incidente foi anotado pelos comissários de prova, mas nenhum dos pilotos envolvido foi punido. O que provocou a fúria de Toto Wolff, chefe da Mercedes, que protagonizou cena que já entrou para a história da temporada ao esbravejar contra a decisão da FIA.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Segundo Michael Masi, a decisão sobre não punir ninguém se baseia na premissa de deixar os pilotos correrem. “Você julga o incidente em seus méritos e faz uma visão geral dele. E não vamos esquecer, nós temos o princípio de “deixá-los correr”, e olhando como um todo, por todos os ângulos que tínhamos disponíveis, foi a mentalidade que adotamos”, disse.

O diretor de provas revelou que pensou em dar uma advertência a Verstappen pelo incidente devido à sua conduta antidesportiva, mas mudou de ideia. Algumas voltas depois, holandês acabou recebendo a advertência por balançar na frente de Hamilton em alta velocidade.

“Certamente me veio à mente, mas então olhei mais algumas vezes e não achei que fosse uma clara bandeira preta e branca para Max, para ser honesto”, encerrou.

F1: Hamilton CONQUISTA Brasil + Retratação | Paddock GP #268
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar