McLaren escala Herta, O’Ward e Palou em testes com carro da F1 2021 em Barcelona

A McLaren vai realizar um teste de três dias, começando nesta quarta-feira (14), no Circuito da Catalunha com Pato O'Ward, Álex Palou e Colton Herta pilotando o MCL35M

A McLaren vai realizar um teste privado de três dias com Pato O’Ward, Álex Palou e Colton Herta nesta semana na Espanha. Os três pilotos vão revezar o volante do MCL35M, carro da equipe britânica na temporada de 2021 da Fórmula 1, a partir desta quarta-feira (14) até sexta (16). O time de Woking vai avaliar o desempenho dos três pilotos da Indy, que já tiveram seus nomes especulados na F1.

Herta é declaradamente a primeira opção da AlphaTauri para substituir o francês Pierre Gasly em 2023. Mas a equipe de Faenza só vai liberar Gasly para assinar com a Alpine caso Colton consiga a superlicença, algo que aparece improvável neste momento, já que a Federação Internacional de Automobilismo não pretende conceder uma exceção ao americano.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Colton Herta em ação com a McLaren em Portimão (Foto: Reprodução / Twitter)

Colton chegou a testar o MCL35M em julho em um teste privado no circuito de Portimão, em Portugal. O piloto da Andretti na Indy foi contratado no início do ano para ser piloto de testes e desenvolvimento da McLaren e pode ter uma chance de participar de um treino livre da Fórmula 1 com o time britânico ainda em 2022.

O’Ward também já pilotou o carro de 2021 da equipe de Woking durante o teste para jovens pilotos em Abu Dhabi no final do ano passado. Desde então, o mexicano parecia mais distante de ter uma nova oportunidade na Fórmula 1 com a contratação de Herta, algo que inclusive gerou uma guerra interna na renovação de contrato com a McLaren na Indy.

Pato O’Ward vai andar novamente em um carro de Fórmula 1 (Foto: Indycar)

Já Palou é o único dos três que nunca teve a oportunidade de sentar em um carro de Fórmula 1. O espanhol está no meio de uma disputa judicial com a Ganassi, equipe pela qual correu as duas últimas temporadas na Indy e conquistou o título de 2020. Álex chegou a ter sua renovação anunciada, mas desmentiu o próprio time e anunciou sua saída para a McLaren.

A possibilidade de ter contato com o mundo da Fórmula 1 teria atraído Palou, que foi contratado com um vínculo sem categoria específica pelo time britânico, indicando uma possível mudança. Contudo, a confirmação da contratação de Oscar Piastri para 2023 elimina qualquer chance em um futuro próximo de tanto o espanhol, quanto Pato e Herta pilotarem pela McLaren na principal categoria do automobilismo mundial.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.