No Twitter, Red Bull nega rumores sobre contratação de ex-projetista da Lotus para lugar de Newey

A Red Bull descartou a possibilidade de contratação do engenheiro inglês e ex-projetista da Lotus James Allison. O nome do britânico foi ventilado para o lugar de Adrian Newey que, segundo a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, já pensa em deixar a F1 depois de 2014

A Red Bull usou o Twitter para negar os rumores sobre James Allison. Nesta semana, a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’ publicou matéria em que afirma que Adrian Newey já pensa em deixar a Red Bull e a F1 por conta dos novos regulamentos. Na verdade, a reportagem explica que o gênio da equipe austríaca pode sair de cena após o fim da temporada 2014.

Red Bull negou rumores sobre James Allison (Foto: Red Bull/Getty Images)

Ainda segundo a publicação germânica, o lugar de Newey à frente dos projetos da esquadra chefiada por Christian Horner será ocupado pelo engenheiro, que se desligou da Lotus no mês passado.

Também segundo os correspondentes Michael Schmidt e Bianca Leppert, o futuro de Allison após sua saída do time de Kimi Räikkönen e Romain Grosjean “ainda não está claro”. “Aqueles que especulam no paddock acreditam que Adrian Newey vai parar no fim de 2014”, afirmaram os dois jornalistas.

Os atuais campeões, entretanto, descartaram a possibilidade. "Há alguns rumores que circulam hoje, mas podemos confirmar que James Allison não vai se juntar à Red Bull", escreveu o time em seu perfil no microblog.

Anteriormente, as especulações da imprensa europeia colocavam Allison na Ferrari em 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube