Piastri critica comentários “injustos” e defende estreia de Zhou na Fórmula 1

Líder da F2, Oscar Piastri saiu em defesa do vice-líder Guanyu Zhou, já anunciado como piloto da Alfa Romeo para 2022 e acusado de ser "piloto pagante"

F1: HAMILTON x VERSTAPPEN: DISPUTA INTENSA NA F1 A 2 PROVAS DO FIM | Paddock GP #269

Guanyu Zhou, piloto chinês que atualmente compete pela Fórmula 2, já foi anunciado como titular da Alfa Romeo para o ano que vem, mas o assunto segue repercutindo. Considerado como “piloto pagante” devido ao pomposo patrocínio que deve aportar na chegada à escuderia de Hinwill, o jovem foi defendido pelo líder da classificação na F2, Oscar Piastri — exatamente o único à frente do chinês. Piastri opinou sobre o assunto, e disse não ver como justos os comentários feitos sobre o estreante de 2022.

“Obviamente, ele recebeu bastante negatividade nas mídias sociais e essas coisas”, disse Piastri, que tem 36 pontos de vantagem para Zhou na classificação da F2. “E acredito que grande parte disso seja muito injusto, para ser honesto”, afirmou.

A equipe de Guanyu Zhou na Fórmula 2 é de propriedade de sua família, e foi literalmente nomeada por causa do piloto. Explica-se: um dos significados de ‘Zhou’ em chinês pode ser compreendido como ‘universo’, assim como as letras UNI de UNI-Virtuosi, time que o chinês defende.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Guanyu Zhou será piloto da Alfa Romeo em 2022 (Foto: Alpine)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Piastri aproveitou para ressaltar a colocação de Zhou na F2, destacando que o chinês possui talento, e disse que se o piloto “traz com ele um suporte financeiro, não é algo ruim”. Guanyu já liderou a tabela da F2 durante a temporada 2021 e possui o mesmo número de vitórias de Oscar — três para cada. Ele será o primeiro piloto chinês na história da Fórmula 1, que recentemente renovou o contrato com o GP da China até 2025.

Os pilotos já se conhecem também fora das pistas, já que ambos fazem parte da Academia Alpine. Piastri, inclusive, será piloto reserva da equipe francesa na próxima temporada, ou seja, ambos trilharão caminhos diferentes em suas carreiras a a partir do ano que vem.

O australiano ainda aproveitou para opinar sobre o que Zhou poderá encontrar em sua primeira temporada na Fórmula 1, citando Valtteri Bottas como “um companheiro de equipe muito forte”. Além disso, Piastri se disse animado para o que o ano de 2022 reserva e vê Zhou fazendo “um trabalho muito bom” na categoria máxima do automobilismo mundial.

Zhou será o substituto de Antonio Giovinazzi, que fez parceria com Kimi Räikkönen durante os últimos três anos da Fórmula 1. Após ser confirmada sua saída e a chegada do chinês, o italiano desabafou nas redes sociais, ao classificar o mundo da F1 como “cruel” e dizer que “o dinheiro comanda”. Para a próxima temporada, Giovinazzi já foi anunciado como piloto da Dragon na Fórmula E.

O resumo com os melhores momentos do GP do Catar de F1 (Vídeo: F1)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar