F1

Parceria com empresas russas garante Sirotkin, de 17 anos, como titular da Sauber em 2014

O jovem piloto russo, que atualmente compete na World Series, vai disputar a temporada 2014 da F1 pela Sauber. O objetivo do acordo é que o GP da Rússia, que estreia no ano que vem, tenha um piloto do país
Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Graças ao apoio russo, a Sauber garantiu a permanência na F1 nas próximas temporadas, mas a equipe terá uma série de obrigações a cumprir. No comunicado enviado na manhã desta segunda-feira (15), a escuderia suíça anunciou que passará a promover o GP da Rússia, cuja estreia está marcada para o ano que vem, além de desenvolver a carreira de Sergey Sirotkin, que será um dos titulares em 2014.

“A parceria inclui atividades para a promoção da corrida inaugural da F1 na Rússia, em 2014, além da atração de talentosos jovens russos ao automobilismo. Em particular, um programa de desenvolvimento será montado para preparar Sergey Sirotkin como piloto do time em 2014”, disse a equipe.
Sergey Sirotkin correrá na F1 em 2014 (Foto: ISR)

O objetivo do acordo com Sirotkin é fazer com que a Rússia tenha um piloto no grid quando a F1 desembarcar por lá no ano que vem. A escolha pelo piloto de 17 também não é por acaso. Embora seja um dos jovens mais talentosos nascidos no país, o garoto é filho de Oleg Sirotkin, que comanda o Instituto Nacional de Tecnologia da Aviação, um dos novos parceiros da Sauber.

Apesar do acordo, Sirotkin não vai participar do treino dos novatos, nesta semana, já que a equipe suíça vai contar com Nico Hülkenberg, Robin Frijns e Kimiya Sato.

Aos 17 anos de idade – completa 18 em 27 de agosto –, Sirotkin começou cedo no automobilismo, disputando algumas etapas da F-Abarth em 2010. No ano seguinte, foi campeão europeu da categoria e se mudou para a F3 Italiana e para a AutoGP na temporada passada.

Com o bom desempenho nas categorias menores, o piloto foi promovido à World Series para o atual campeonato. Competindo pela ISR, Sirotkin ocupa a oitava colocação na tabela de pontos, tendo conquistado o segundo lugar na segunda corrida de Aragón como melhor resultado até agora.