Gasly crê que erros da AlphaTauri custaram pontos na Rússia: “Não merecemos”

Piloto francês reclamou de decisões tomadas pela equipe na classificação e na corrida, sendo eliminado no Q2 e terminando apenas no 13º lugar

Fazendo uma de suas melhores temporadas na carreira em 2021, Pierre Gasly não ficou satisfeito com os erros cometidos pela AlphaTauri no último final de semana, na Rússia. Apesar de ter andado bem na sexta-feira, inclusive fechando o segundo treino livre na terceira colocação, o francês terminou a corrida apenas em 13º, fora da zona de pontuação.

De acordo com o piloto, os erros foram causados pela própria equipe. Para ele, a irmã mais nova da Red Bull não mereceu pontuar no fim de semana devido à alta quantidade de equívocos cometidos durante sábado e domingo.

“Não merecemos marcar pontos neste final de semana. Eu só acho que cometemos muitos erros. E pensando por todos nós, precisamos trabalhar mais e entender como capitalizar em certas oportunidades. É duro, porque claramente dava para fazer melhor. Mas espero que seja melhor até o final do ano”, reclamou.

Explica-se a frustração de Gasly: com a possibilidade real de largar entre os dez primeiros, o piloto foi mantido na pista ao final do Q2 com pneus intermediários que já estavam gastos, enquanto seus concorrentes entraram nos boxes para fazerem a troca. Assim, acabou na 12ª posição, fora do Q3.

Durante a corrida, novo erro. Apesar de estar andando fora da zona de pontuação, Pierre teve a possibilidade de parar cedo quando a chuva começou, buscando ganhar algumas posições. No entanto, a AlphaTauri o aconselhou a continuar na pista, parando apenas na volta 50. Terminou em 13º.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pierre Gasly terminou o GP da Rússia na 13ª posição (Foto: Red Bull Pool Content/Getty Images)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“É uma questão de como fazemos as coisas, porque eu sei que temos um grupo de pessoas muito inteligentes no time. E neste final de semana, infelizmente, erramos no sábado e no domingo. Deixamos bons pontos pelo caminho. É uma vergonha, porque novamente o carro estava competitivo, e não podemos permitir a nós mesmos cometermos esses erros, não se quisermos brigar pelo quinto lugar no campeonato”, contou o piloto.

Gasly relembrou ainda a decisão da AlphaTauri de mantê-lo na pista, mesmo quando o carro da frente, a Mercedes de Valtteri Bottas, resolveu parar. Mas em seguida, o francês botou panos quentes na situação afirmando que a equipe possui capacidade de mostrar mais, com a primeira chance no GP da Turquia.

“Fizemos todo o primeiro stint à frente do Bottas”, disse. “No segundo stint, caímos logo atrás dele e então a chuva veio, ele parou e nós ficamos na pista. Ele fechou em quinto, e nós fora dos pontos”, reclamou antes de projetar a próxima etapa, em Istambul.

“Neste final de semana, claramente não performamos no nível que costumamos mostrar. Eu acredito nessas pessoas, nesse time, eu sei do que são capazes. O desempenho deste final de semana não está no nível que conseguimos mostrar, então vamos analisar tudo e voltar mais fortes na Turquia.”

O piloto do carro #10 ainda relembrou uma ocasião na Alemanha, em 2018, em que também ficou na pista com os pneus errados. Na ocasião, a pista começou a secar depois de uma chuva, mas Gasly continuou com os compostos indicados para pista molhada, terminando apenas em 14º.

“Não estávamos na pista com os pneus certos, aparentemente não esperávamos por mais chuva e veio mais chuva. Então, é triste. Vamos revisar como melhorar nossa previsão do tempo. Você depende de como as condições estão, como vai ficar, e eu fui informado de que ia continuar estável. Infelizmente, não foi o caso. Precisamos melhorar. Não é a primeira vez nessas condições, Hockenheim em 2018 também não foi divertido com os pneus de chuva em pista seca”, encerrou.

Gasly tem 66 pontos marcados no campeonato, e exceto as três corridas em que abandonou (Bahrein, Estíria e Itália), só terminou fora da zona de pontuação em duas: Inglaterra e Rússia. Seu companheiro de AlphaTauri, Yuki Tsunoda, faz sua estreia na F1 este ano e somou 18 pontos até aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar