F1

Por aniversário de 125 anos, Mercedes une branco ao prata no GP da Alemanha

O fim de semana do GP da Alemanha já é habitualmente especial para a Mercedes, mas carrega uma dose a mais de importância neste ano. A equipe, que comemora o aniversário de 125 anos de envolvimento no esporte a motor e também a marca de 200 GPs na F1, vai usar um layout bem diferente do comum, misturando o tradicional prata ao branco, cor predominante na dianteira do W10 em Hockenheim

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
O GP da Alemanha é uma das corridas de casa para a Mercedes. Mas a prova deste fim de semana em Hockenheim é ainda mais especial do que habitualmente seria. É que a montadora comemora o aniversário de 125 anos de envolvimento com o esporte a motor e também vai alcançar, no domingo, a histórica marca de 200 GPs na F1. Desta forma, como marco de um momento ímpar na sua trajetória vitoriosa, a Mercedes vai acelerar em Hockenheim com uma pintura retrô muito singular: o tradicional prata se mantém em boa parte do layout do W10, mas o branco predomina na dianteira dos carros de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.
 
Desde o início da semana, a Mercedes veio publicando, nas suas redes sociais, teasers de uma pintura especial para o fim de semana. A equipe pentacampeã mundial de F1 também trouxe, nas palavras do chefe Toto Wolff, os motivos para as comemorações durante o GP da Alemanha.
 
“A corrida deste ano é um evento muito especial. Somos os patrocinadores principais do GP da Alemanha e essa corrida é a de número 200 da Mercedes na F1. Também vamos comemorar um aniversário inesquecível em Hockenheim: 125 anos de esportes a motor. Em 1894, foi celebrada a primeira corrida de carros do mundo, desde Paris até Rouen, e o carro que venceu tinha um motor desenhado por Gottlieb Daimler”, contou o austríaco.
A pintura da Mercedes para o GP da Alemanha (Foto: Tobi Grünner/Twitter)
Nascido em 17 de março de 1834, Gottlieb Daimler foi engenheiro e designer industrial. Coube a Daimler ser o pioneiro no desenvolvimento de motores de combustão interna para automóveis. É o pai da marca Mercedes-Benz, nascida da fusão da sua empresa com a de Karl Benz.
 
“Foi o começo de uma grande tradição no esporte a motor que continua hoje e nos sentimos incrivelmente orgulhosos por escrever o próximo capítulo deste legado. Vamos ter um layout especial para render homenagens ao nosso patrimônio”, destacou Wolff.

 
Mesmo com as muitas comemorações, a Mercedes não perde o foco principal, que é lutar pela vitória em casa no fim de semana. Uma das preocupações da equipe é sobre o clima, com a previsão apontando para muito calor, sobretudo na sexta-feira. As altas temperaturas foram um grande desafio no GP da Áustria, onde a Mercedes perdeu a invencibilidade na temporada.
 
“Enquanto acontecem muitas coisas fora da pista, continuamos concentrados na nossa performance. A previsão meteorológica indica altas temperaturas, que foram um grande desafio para nós na Áustria, de modo que devemos estar alertas. Como em Spielberg, Hockenheim é um circuito relativamente curto, o que vai reduzir a diferença entre as equipes”, salientou.
 
“Vamos ser humildes e trabalhar duro para conseguir o melhor resultado possível”, concluiu o chefe da Mercedes.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL o fim de semana do GP da Alemanha de F1. Siga tudo aqui.

Paddockast #25
Bênçãos e Maldições da Fórmula E


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.