carregando
F1

Racing Point vê “total sentido” em decisão da F1 de adiar mudança de regulamento

Chefe de equipe, Otmar Szafnauer citou que os funcionários da Racing Point ainda estão se adaptando a esta nova realidade. Ele também falou sobre a decisão acertada da Fórmula 1 em adiar a mudança de regulamento para 2022

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Com a temporada da Fórmula 1 praticamente suspensa e o início da temporada previsto apenas em junho, Otmar Szafnauer, chefe de equipe da Racing Point, deu atualizações a respeito da equipe e seus respectivos planejamentos para o futuro.
 
O time de Silverstone entrou na temporada com a promessa de ser a quarta força do grid da F1. Szafnauer admitiu decepção com o adiamento de seis corridas e o cancelamento de outras duas, mas sabe que foi por um bem maior.
 
"Nossa primeira preocupação em tempos como esse é o bem estar físico e mental de nossos companheiros, suas famílias e amigos”, declarou em entrevista ao site da Racing Point.
Sergio Pérez (Foto: Racing Point)
“Todos estão em casa na Inglaterra e se ajustando a esta nova realidade, mas não é fácil para ninguém. Estamos desapontados por não poder correr por um bom tempo, mas entendemos a significância desta situação. Os desafios que o mundo está enfrentando são anormais a qualquer coisa que vivenciei e claramente transcendem o esporte, então, as decisões feitas foram corretas", declarou o chefe do time que tem Lance Stroll e Sergio Pérez como pilotos.
 
A pandemia do coronavírus também afetou a revolução no regulamento da F1 prevista para 2021. Por conta de logística e custos, a mudança foi adiada para 2022. Na visão de Otmar, a decisão tomada por equipes e a organização é sensata.
 
"É uma situação sem precedentes, que muda a cada dia. Agora, não podemos dar certeza de quando tudo volta ao normal. Existem muitos fatores fora do nosso controle. Com isso em mente, outra decisão tomada pelos times e pela FIA é de adiar o regulamento até 2022. De um ponto de logística e de custos, faz total sentido. Obviamente, isso não significa que podemos nos dar ao luxo de relaxar quando voltarmos ao trabalho. Quando finalmente voltarmos aos trilhos, precisamos estar em posição de competir - quaisquer que sejam os regulamentos. Ainda há muito trabalho pela frente e estaremos prontos para enfrentá-lo quando chegar a hora", concluiu.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.