Räikkönen vê Ferrari com potencial para vencer últimas corridas de 2017: “Temos velocidade para dar a volta por cima”

Mesmo com a maré de azar e a série de problemas nas corridas em solo asiático, Kimi Räikkönen ainda acredita na Ferrari em 2017. O ‘Homem de Gelo’, que completa 38 anos nesta terça-feira, vê na equipe potencial para vencer. Em Austin, palco da etapa deste fim de semana, a escuderia de Maranello jamais figurou no topo do pódio

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Kimi Räikkönen, bastante elogiado por Sebastian Vettel recentemente, viaja para Austin otimista e ainda confiante no que a Ferrari pode apresentar na reta final da temporada 2017, mesmo com a recente má fase. Restam quatro corridas para o desfecho do campeonato, a começar pela deste fim de semana, o GP dos Estados Unidos. Na visão do ‘Homem de Gelo’, que completa 38 anos nesta terça-feira (17), há potencial para a escuderia italiana vencer todas as corridas que restam para completar o calendário do Mundial.

 
Além de Austin, o campeonato ainda compreende as disputas dos GPs do México, Brasil e Abu Dhabi. Quanto ao palco da corrida deste fim de semana, a Ferrari jamais venceu. O principal oponente da equipe de Maranello, Lewis Hamilton, já triunfou quatro das cinco vezes em que a F1 esteve no Texas: 2012, 2014, 2015 e 2016. Vettel, quando ainda corria pela Red Bull, alcançou o topo do pódio em 2013.
Aniversariante do dia, Kimi Räikkönen ainda acredita que a Ferrari pode vencer em 2017 (Foto: Ferrari)
“Podemos vencer qualquer uma das corridas que faltam desde que façamos tudo o que for possível. Não sabemos o que vai acontecer porque as pistas são muito distintas entre si. Cada fim de semana começamos do zero e fazemos o melhor para evitar falhas e problemas”, comentou Kimi.
 
O finlandês também sofreu com a maré de azar que se abateu sobre a Ferrari nas últimas provas com o acidente na largada em Singapura e a falha no motor antes mesmo da largada em Sepang.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Quanto às poucas chances de título da Ferrari, tanto no Mundial de Pilotos, com Sebastian Vettel, como também no Mundial de Construtores, Räikkönen só garante uma coisa: a equipe não vai se render enquanto houver chance.

 
“Não sei o que vai acontecer, ninguém sabe. Sabemos que vamos tentar até à última volta da última corrida e aí vamos ver onde vamos chegar. Não tivemos boas corridas recentemente e acho que temos velocidade para dar a volta por cima. Isso, ao menos, é positivo”, finalizou o veterano.
’EXTRAORDINÁRIO’

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube